quarta-feira, maio 04, 2022

Futebol Piauiense: Saiba quem são os donos das vagas nacionais em 2023

Nenhum comentário:

Com o encerramento do Campeonato Piauiense no último sábado (30) que sagrou o Fluminense campeão Estadual da temporada 2022 foi batido o martelo quanto aos representantes do estado do Piauí no próximo ano dentro do cenário nacional, e temos uma boa dança das cadeiras em relação aos últimos anos.

O Fluminense campeão Piauiense desse ano ficou com uma boa fatia do bolo e irá representar o estado na Copa do Brasil, pela segunda vez, Copa do Nordeste vaga direta na fase de grupos e também tem vaga garantida na Série D do Brasileiro caso não consiga o acesso de divisão.

Para o vice-campeão Estadual desse ano também tem boa representatividade no cenário nacional, pois o Parnahyba também estará na Copa do Brasil, após quase cinco anos e tem vaga garantida na Pré-Copa do Nordeste na Série D do Brasileiro de 2023.

O Altos, como não chegou na final do Campeonato Piauiense desse ano fica com vaga na Pré-Copa do Nordeste por ser atualmente o time piauiense melhor ranqueado dentro da CBF e caso não consiga se manter na Série C do Brasileiro poderá disputar a Série D do Brasileiro.

A boa novidade ficou por conta do 4 de Julho, que mesmo eliminado nas semifinais pelo campeão ‘herdou’ uma vaga na Pré-Copa do Nordeste, graças ao avanço do Campinense para a final do Campeonato Paraibano e com isso o Colorado de Piripiri entrou entre os três melhores ranqueados de qualquer estado do nordeste. Com isso, a Pré-Copa será a única competição deles além do Estadual no ano que vem e o Piauí terá pela primeira vez três times na Pré-Copa do Nordeste, e um garantido de forma direta na fase de grupos – caso do Fluminense.

Atualmente, o Vaqueiro e o 4 de Julho disputam a Série D e o Altos está na Série C do Brasileiro pela segunda temporada consecutiva.

Pâmella Maranhão

redacao@cidadeverde.com

Mais de 1.500 vagas para cursos técnicos são ofertadas pelo IFPI em Parnaíba e mais 15 campi

Nenhum comentário:

A prova, com 30 questões de Língua Portuguesa e 30 questões de Matemática, será aplicada no dia 3 de julho. Os locais de prova serão divulgados no dia 30 de junho. 

Na segunda-feira, 2 de maio, o Instituto Federal do Piauí (IFPI) lançou edital com oferta de 1.590 vagas para cursos técnicos, nas modalidades concomitante e subsequente, destinados a candidatos que estejam cursando ou tenham concluído o ensino médio. 

Estão sendo ofertadas vagas nos campi Angical, Campo Maior, Cocal, Corrente, Floriano, Oeiras, Parnaíba, Paulistana, Picos, Piripiri, São João, São Raimundo Nonato, Teresina Central, Teresina Zona Sul, Uruçuí e Valença. 

As inscrições serão realizadas de 10 de maio a 8 de junho, exclusivamente de forma online, na página http://selecao.ifpi.edu.br, mediante pagamento da taxa de R$ 20. 

A prova, com 30 questões de Língua Portuguesa e 30 questões de Matemática, será aplicada no dia 3 de julho. Os locais de prova serão divulgados no dia 30 de junho. 

O resultado final será divulgado a partir do dia 22 de julho, e os candidatos deverão realizar matrícula de acordo com o cronograma e o formato divulgado por cada campus. Os aprovados iniciam as aulas no segundo período letivo. 

ISENÇÃO DA TAXA DE INSCRIÇÃO - Candidatos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal - CadÚnico (Bolsa Família, Auxílio Brasil e outros) com benefício em situação ativa e candidatos de família de baixa renda poderão solicitar isenção da taxa de inscrição, no período de 2 a 5 de maio, anexando a documentação necessária no formulário online.

NOME SOCIAL – Também no período de  2 a 5 de maio, candidato transgênero, travesti ou transexual poderá solicitar o uso de nome social, que é como se identifica e é socialmente reconhecido.

COTAS - Candidatos pretos, pardos ou indígenas que desejem concorrer às vagas destinadas a cotas específicas (SC2, SC2-PcD, SC4 E SC4-PcD) deverão realizar, de 10 de maio a 8 de junho, o procedimento de heteroidentificação na página http://selecao.ifpi.edu.br. O procedimento consiste em uma análise a ser realizada pela banca de Validação de Autodeclaração Étnico-racial. Candidatos que não realizarem este procedimento dentro do prazo previsto, perderão direito ao uso das cotas e concorrerão em ampla concorrência. 

Confira o edital completo.

4ª Edição do DESAFIO DELTA DO PARNAÍBA-ULTRA

Nenhum comentário:

A 4ª Edição do DESAFIO DELTA DO PARNAÍBA-ULTRA será realizada no formato multi-day-race, no mês de dezembro de 2022, sendo composta de 3 dias de evento, sendo eles:

Dia 08 de dezembro (quinta-feira – feriado): Prólogo – Ilha Grande, 14km. A etapa inicial do prólogo será realizada na Ilha Grande de Santa Isabel, com percurso caracterizado, sobretudo, por praias e dunas. As arenas de largada/chegada são acessíveis por meio de estradas, portanto, o acesso às Arenas, será de responsabilidade do atleta. A largada prevista será às 16h45 com término às 19h45, em noite de lua cheia. Os horários de concentração, assim como os locais de largada e chegada, serão informados a posteriori. A participação do prólogo – Ilha Grande, não é obrigatória. No Desafio Delta 2022, haverá medalhas (atletas que concluírem a prova dentro do tempo previsto) e troféus específicos (geral e categorias) para cada etapa, sendo elas: Ilha Grande e Ilha das Canárias. A premiação do prólogo, será no dia 09 de dezembro (sexta), no Porto das Barcas, em Parnaíba.

Dia 09 de dezembro (sexta-feira): Porto dos Barcas, em Parnaíba. A sexta-feira, do Desafio Delta, será destinada ao recovery (massagens e reabilitação física), premiação da etapa do prólogo – Ilha Grande e briefing da etapa Ilha das Canárias, além de shows com atrações artísticas e culturais. Os horários específicos para cada atividade, serão informados posteriormente.

Dia 10 de dezembro (sábado): Ilha das Canárias. A etapa, Ilha das Canárias, terá concentração dos atletas no Porto dos Tatus, no município de Ilha Grande, com premiação no Porto das Barcas, em Parnaíba, e contará com 3 percursos de prova que serão realizadas em período diurno. A etapa, premiará com medalhas (atletas que concluírem a prova dentro do tempo previsto) e troféus específicos (geral e categorias).

PARA MAIORES INFORMAÇÕES, CONSULTE O REGULAMENTO

Regulamento: Download

terça-feira, maio 03, 2022

Alerta: picada de peixe-leão pode provocar até parada cardíaca

Nenhum comentário:

A mesma espécie deste peixe foi encontrado por um pescador na manhã de quinta-feira (28), no mês de abril, na praia de Barra Grande, município de Cajueiro da Praia, no litoral do Piauí.

Peixe-leão é extremamente perigoso e especialistas alertam para os riscos. (Foto: Pixabay)

Depois que o pescador cearense Francisco Mauro da Costa Albuquerque, de 24 anos, foi picado por um peixe-leão fora de aquários no Brasil, especialistas brasileiros demonstram preocupação e acendem sinal de alerta. Nesse caso, em particular, a vítima foi hospitalizada por duas vezes após pisar no animal.

Francisco chegou a ser atingido por sete dos 18 espinhos do peixe-leão e, segundo ele, a dor que sentia atingia a perna, acompanhada três dias depois por febre e convulsões. Felizmente, após ser atendido urgentemente, o pescador se recupera do sustos e já se encontra em casa.

Diante do caso relatado, o professor Marcelo Soares, do Labomar (Instituto de Ciências do Mar) da UFC (Universidade Federal do Ceará), acredita que a quantidade de veneno do animal no pescador deve ter sido bem maior do que normalmente se tem registro.

Conforme esclarece a organização não governamental estadunidense NCPC (National Capital Poison Center), nos casos de envenenamentos através da picada de peixe-leão, as vítimas apresentam sintomas em poucos minutos, cujos sintomas são: inchaço, sudorese, fraqueza muscular e sensação de formigamento, sensibilidade, pele quente prõxima ao redor do local da picada, bem como vermelhidão. 

Vale ressaltar a necessidade de certificar-se de que a vítima esteja com a vacinação contra tétano em dia.

A mesma espécie deste peixe foi encontrado por um pescador na manhã de quinta-feira (28), no mês de abril, na praia de Barra Grande, município de Cajueiro da Praia, no litoral do Piauí.  

Em um vídeo, o pescador relata que por volta das 10 horas da manhã, foi fazer um mergulho para pegar peixes e fazer imagens, quando encontrou a espécie. O peixe-leão já foi capturado no litoral do Ceará e do Piauí, inclusive nas unidades de conservação do Parque Nacional de Jericoacoara e do Delta do Parnaíba.

Por: Meionorte

Tabuleiro: Obras de mobilidade urbana a Parnaíba

3 comentários:

Início das obras da ponte sobre o Rio Tabuleiro

Os cerca de 15 mil moradores dos bairros Tabuleiro, São Vicente de Paula, Rosápolis e Igaraçu, no município de Parnaíba, em breve terão um meio de chegar de forma mais rápida e segura ao Centro da cidade. Autorizou o início das obras da ponte sobre o Rio Tabuleiro. Para construção da via em concreto serão investidos R$ 3,9 milhões.

O prazo de conclusão dos serviços é de dez meses. A nova estrutura terá 50 metros de comprimento e sete de largura e substitui uma ponte antiga de madeira.

Segundo os técnicos, inicialmente será desmontada a estrutura antiga da ponte de madeira e as ruas de acesso serão interditadas para evitar acidentes. Depois será feita a escavação das fundações para início da estrutura em concreto, com construção dos pilares e, posteriormente, o tabuleiro, que é a parte por onde passam condutores e pedestres.

A ponte do Tabuleiro é um sonho da população, estamos conseguindo realizar uma das mais importantes obras para o município de Parnaíba. Essa obra vai mudar a vida das pessoas no nosso litoral, melhorando a mobilidade, ajudando na circulação do comércio, entre outras melhorias.

Homem com tornozeleira eletrônica sofre tentativa de assassinato em Parnaíba

Nenhum comentário:

Na noite desta segunda-feira (02) um ex-presidiário sofreu uma tentativa de homicídio no bairro Dirceu Arcoverde, em Parnaíba. Fernando Nascimento da Cunha, de 38 anos, foi alvejado com um tiro no pé.

De acordo com informações, três homens invadiram o apartamento onde a vítima mora espancaram o mesmo e efetuaram um disparo.

O Serviço de atendimento móvel de urgência (SAMU) foi acionado e realizou os primeiros atendimentos.  A vítima foi encaminhada para o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde.

Fernando já cumpriu pena no sistema prisional em Parnaíba e faz uso de tornozeleira eletrônica. A polícia ainda não tem informações sobre a motivação do crime, nem sobre os autores deste atentado.

Por: Carol Sousa / Portalr10

ICMBio e UFDPar monitoram presença de peixes-leão no Litoral do Piauí; estudo conta com apoio de pescadores

Nenhum comentário:

A presença do peixe-leão representa um risco para as espécies nativas. Além disso, os animais podem causar ferimentos aos humanos por causa dos espinhos.

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e a Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPar) estão monitoramento a presença de peixes-leão no Litoral do Piauí. Dois animais foram capturados em março na Praia de Barra Grande, em Cajueiro da Praia, mas apenas um deles foi entregue para os pesquisadores.

Para a professora Edna Cunha, coordenadora da pesquisa pela UFDPar, a presença do peixe-leão representa uma grande ameaça para a vida marinha e representa riscos à nossa saúde. A espécie venenosa não é natural do Brasil, mas há ocorrências de aparição na costa do Pará, Fernando de Noronha (PE), e no Ceará, o que tem deixado especialistas em alerta.

“Normalmente a introdução dessa espécie se deve ao descarte pelos aquaristas. A gente não tem como precisar essa introdução, a ocorrência no Piauí . É importante pesquisas de monitoramento e ações direcionadas para diminuir esses animais”, explicou.

ICMBio e UFDPAR disponibilizam canais para comunicar presença do peixe-leão no Piauí — Foto: Divulgação
Para acompanhar o surgimento dos animais no país, o Instituto de Ciências do Mar (Labomar), da Universidade Federal do Ceará, com apoio da UFDPar, desenvolveu o aplicativo “Monitoramento Participativo do Peixe-Leão”, que está disponível para IOS e Android. O ICMBio e a UFDPar também disponibilizaram canais para comunicar a presença do peixe-leão no litoral piauiense.

A orientação é que em casos de captura dos animais, pescadores e mergulhadores devem entrar em contato com autoridades e não devolvê-los ao mar. Geralmente, os peixes da espécie não ficam em terrenos arenosos, como a areia da praia, pois preferem superfícies duras e rochosas, como os corais.

Desde janeiro de 2022, o peixe-leão tem aparecido em praias brasileiras. Os primeiros casos foram detectados por pesquisadores do arquipélago de Fernando de Noronha, no Pernambuco. Em abril, outros peixes-leão foram encontrados no mar do Ceará.

Peixe-leão no Piauí
O primeiro peixe-leão capturado no Piauí trata-se de uma fêmea adulta. Através dela, a professora Edna Cunha identificou qual das duas espécies do animal está presente no Piauí.

O segundo peixe-leão, desta vez filhote, foi encontrado por um mergulhador também na Praia de Barra Grande, em Cajueiro da Praia. No entanto, o animal não foi entregue para o ICMbio ou UFDPAR, como orienta os pesquisadores.

Ao g1, o ICMBio revelou que outros cinco peixes-leão foram capturados por pescadores na última semana no litoral piauiense e serão encaminhados para pesquisa na UFDPar. Eles foram encontrados próximos aos corais e medem de 10 a 12 centímetros, por isso são considerados jovens.

“Os pescadores estão informando os locais que os animais estão sendo capturados. Eles contaram que o aparecimento dessa espécie vem diminuindo a presença de outros peixes, camarões e outros crustáceos na região, provavelmente estão servindo de alimentos para os peixes-leão. Infelizmente eles não têm predador natural no mar e se reproduzem muito rápido”, informou Maryna Reis, da ICMBio.

Orientações

Equipes da ICMBio e os pesquisadores da UFDPar estiveram na sexta-feira (29) em Bitupitá (CE), onde um pescador foi hospitalizado após pisar em um peixe-leão. Eles participaram de uma reunião com orientações sobre a espécie.

Nesta quarta-feira (4), a Instituto irão promover uma reunião com a população e pescadores para levar as informações sobre o animal e a melhor maneira de manusear a espécie.

“A orientação é que mantenha congelado. Não aconselhamos os banhistas a tentar capturar o animal, mas apenas indicar o local que ele foi visto. Pessoas experientes com os pescadores e mergulhadores são as mais indicadas para o manuseio com o peixe”, explicou Maryna Reis.

Com informações do G1 PI

Idoso morre atropelado por moto e jovem fica gravemente ferido em acidente na BR-343 em Parnaíba

Nenhum comentário:

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a vítima andava pelo acostamento e acredita-se, inicialmente, que ela entrou de forma inesperada na pista, provocando o atropelamento.

Vítima foi levada para o Hospital Dirceu Arvoverde (Heda), em Parnaíba — Foto: Tiago Mendes/ TV Clube

Um idoso de 84 anos morreu e um jovem de 24 anos ficou gravemente ferido em um acidente com moto, na manhã desta segunda-feira (2), na BR-343 em Parnaíba, litoral do Piauí.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o jovem conduzia uma moto e atropelou o idoso, que caminhava pelo acostamento. 

A vítima identificada por Tomás Rodrigues de Araújo, de 84 anos, teria sido atropelada enquanto trafegava pelo acostamento da BR, as primeiras informações dão conta que teria sido uma motocicleta que ocasionou o acidente.  

Ainda segundo a PRF, preliminarmente, acredita-se que o pedestre entrou de forma inesperada na pista, provocando o atropelamento.

Contudo, a perícia foi realizada no local e tanto a PRF como a Polícia Civil ainda vão apurar as circunstâncias em que tudo aconteceu.

Após os procedimentos cabíveis, no local do acidente, o corpo do idoso foi removido e levado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Parnaíba.

O jovem foi socorrido e encaminhado para o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA). Não há informação sobre seu estado de saúde.

Por g1 PI

Corpo de Bombeiros de Parnaíba não tem alvará de funcionamento e possui baixo efetivo, diz Ministério Público

Um comentário:

Segundo o MP, parte dos problemas seriam resolvidos se fossem liberados os recursos do Fundo de Modernização do Corpo de Bombeiros para investir na unidade de Parnaíba. O g1 procurou o Governo do Piauí e aguarda posicionamento.

Vistoria da unidade do Corpo de Bombeiros em Parnaíba — Foto: Reprodução /TV Clube

O Ministério Público do Piauí (MP-PI) constatou diversas irregularidades na sede do Corpo de Bombeiros do município de Parnaíba, litoral do Piauí, durante uma vistoria realizada na semana passada. A unidade apresenta uma estrutura precária, baixo efetivo de profissionais e não possui sequer um alvará de funcionamento, que é emitido pelo próprio Corpo de Bombeiros.

Segundo Fabrícia Barbosa, promotora de Justiça responsável pela vistoria, há falta de equipamentos fundamentais para o resgate de vítimas de afogamento como, por exemplo, um veículo aquático.

“Averiguamos condições inadequadas de trabalho. A unidade não tem alvará de funcionamento do próprio Corpo de Bombeiros. Alojamentos inadequados, equipamentos de trabalho insuficientes e inexistentes. A unidade não dispõe de um veículo aquático para fazer resgates no mar”, afirmou.

Problemas estruturais na unidade do Corpo de Bombeiros em Parnaíba — Foto: Reprodução /TV Clube

O Corpo de Bombeiros de Parnaíba possui somente 36 militares que atuam, além de Parnaíba, em outras 33 cidades da região Norte do estado. Em todo o Piauí, são mais de 300 profissionais, número que corresponde a 10% do previsto em lei.

Em setembro de 2021, o Governo do Piauí anunciou a realização de um concurso público com 60 vagas. Contudo, conforme o MP, essa contratação não será suficiente, pois o efetivo do estado deveria ser, no mínimo, correspondente a 3% da população piauiense.

“É insuficiente para atender a demanda da população e garantir as prevenções e outras atribuições dos bombeiros”, explicou a promotora Fabrícia Barbosa.

O comando do Corpo de Bombeiros de Parnaíba reconhece os problemas existentes na unidade. “É o que temos à disposição e nós não podemos parar porque a população precisa de apoio”, declarou o major Christian Lima, comandante dos bombeiros no litoral.

O Ministério Público informou que parte dos problemas seriam resolvidos se fossem liberados os recursos do Fundo de Modernização do Corpo de Bombeiros para investir na unidade de Parnaíba. O g1 procurou o Governo do Piauí e aguarda posicionamento.

Reclamações antigas

Os problemas enfrentados pelo Corpo de Bombeiros de Parnaíba já haviam sido falados pela família do engenheiro civil Bruno Stanrley Carvalho Viana, de 26 anos, que morreu afogado no dia 16 de abril na praia de Maramar em Luís Correia, Litoral do Piauí.

A tia de Bruno criticou a inexistência de um posto de salva-vidas na praia e a demora de cerca de duas horas da chegada de uma equipe dos bombeiros.

Engenheiro civil Bruno Stanrley Carvalho Viana, de 26 anos, morreu afogado no litoral do Piauí — Foto: Reprodução

"Lá não tinha socorro, também não tinha área de telefone. Foi muito difícil para a gente contatar eles. Eles demoraram muito para chegar, quase duas horas", afirmou Thasmylla Teles, tia do jovem.

Na época, o Corpo de Bombeiros alegou que realizou ações preventivas em locais de maior concentração de banhistas, mas que "a praia de Maramar, em Luís Correia, é de relevo suave e não tem histórico de acidentes, motivos pelos quais não foi colocada equipe de prevenção aquática".

Por g1 PI

segunda-feira, maio 02, 2022

Morador encontra granada no telhado de casa em Parnaíba

Nenhum comentário:

Na tarde de ontem (01), em Parnaíba, a equipe do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) foi acionada para atender uma ocorrência de artefato explosivo no telhado de um morador no bairro Ilha de Santa Isabel.

Segundo a PM, de imediato, a equipe realizou as diligências e averiguações necessárias no local e, durante as consultas, foi constatado que se tratava de uma granada.

Diante disso, a equipe tomou as medidas cabíveis para contenção e remoção do artefato explosivo, logo após sendo encaminhado para a Central de Flagrantes.

Por: Calor Sousa / / Portalr10


"Faltam efetivo e boas condições de trabalho para bombeiros de Parnaíba", afirma Ministério Público

Nenhum comentário:

MPPI denunciou falta de alvará de funcionamento no prédio do 2º Batalhão além da falta de equipamentos para trabalho.

2º Batalhão do Corpo de Bombeiros de Parnaíba – (Foto: Divulgação)

O prédio do 2º Batalhão do Corpo de Bombeiros de Parnaíba não possui alvará de funcionamento e as instalações encontra-se em situação precária, é o que afirma laudo do Ministério Público do Piauí que realizou uma vistoria no local nesta sexta (29).

Os membros verificaram que além dos problemas estruturais, falta efetivo para atender a demanda da região. Atualmente há 36 homens no 2º Batalhão para atender mais de 30 localidades. O MPPI informou ainda que faltam equipamentos de salvamento de vítimas de afogamento em alto mar.

“O ideal é o previsto em lei, mas temos que cumprir os protocolos por equipe, por exemplo: equipe de salvamento é no mínimo três, uma equipe não é suficiente para atender toda a demanda de abrangência do 2º batalhão”, disse a promotora de Justiça, Fabrícia Barbosa.

Além da falta de efetivo, a promotora pontuou ainda as condições inadequadas de trabalho dos militares. “A unidade não tem o alvará de funcionamento do próprio Corpo de Bombeiros, os alojamentos são inadequados e os equipamentos de trabalho são insuficiente ou inexistente, a unidade não possui um veículo aquático para fazer resgate em uma região litorânea”.

O comandante do 2º batalhão disse à nossa equipe que já foram feitas solicitações de melhorias na estrutura dos bombeiros, e segue aguardando, respostas do Governo do Estado.

Malu Barreto / Portal Clube News

Peixe-boi “Wind” é levada de avião para reabilitação em Pernambuco

Nenhum comentário:

Wind foi levada para Pernambuco, onde ficará sob os cuidados do Centro de Mamíferos Aquáticos.

Filhote de peixe boi encontrado no Piauí foi levado a Pernambuco onde passará por reabilitação | FOTO: Divulgação

A pequena Wind, uma filhote de peixe-boi resgatada na Praia de Macapá, em Luís Correia, na última quarta-feira (27), passará por reabilitação na Ilha de Itamaracá, em Pernambuco, onde fica localizado o Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Aquáticos, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio/CMA), referência no manejo do peixe-boi.

Ela chegou a Recife (PE) na manhã desta sexta-feira (29), em uma aeronave disponibilizada pelo Governo do Piauí. Segundo o Governo, Wind estava debilitada e não suportaria uma viagem de carro até a unidade do ICMBio/CMA na Ilha de Itamaracá. 

A viagem foi tranquila, segundo os veterinários que acompanharam a filhote de peixe-boi.

Wind, a peixe boi encontrada encalhada na Praia de Macapá, no litoral do Piauí | FOTO: Divulgação

Bebê órfã

Wind se perdeu da mãe e foi encontrada próximo da Área de Proteção Ambiental (APA) Delta do Parnaíba, na praia de Macapá, em Luís Correia. O animal foi resgatado pela equipe da Comissão Ilha Ativa, instituição que atua na preservação de espécies na região do Delta. Wind ficou numa piscina, na base do ICMBio, no município de Cajueiro da Praia, sendo alimentada e medicada.

O chefe da APA, Adriano Ricardo, pediu ajuda do Governo do Piauí para transferência do animal, que apresentava machucados no dorso, possivelmente provocado por hélice de embarcação.

Adriano Ricardo advertiu que a órfão de peixe-boi precisava de tratamento especializado urgente, que só é disponibilizado pelo Centro de Mamíferos Aquático, para que o animal pudesse ser cuidado e reabilitado para retorno ao habitat natural.

O CMA

O Centro de Mamíferos Aquáticos para onde Wind foi levaga possui uma Base Avançada com localização estratégica na Ilha de Itamaracá, litoral de Pernambuco. Em uma área de 33 hectares a base abriga laboratórios, bibliotecas e outros prédios que são usados para desenvolver a pesquisa e conservação de mamíferos aquáticos de todo o Brasil.

O Centro também desenvolve, implanta e mantém bancos de dados nacionais e internacionais sobre pesquisas e projetos de conservação e manejo de mamíferos aquáticos, também subsidia tecnicamente a adoção de medidas de conservação e manejo das espécies e auxilia na implementação e criação das Unidades de Conservação federais marinhas, costeiras e da bacia Amazônica.

Dengue em crianças: saiba quando procurar a urgência médica

Nenhum comentário:

O Piauí vive em 2022 um crescimento vertiginoso de casos de dengue. De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (Sesapi), o crescimento foi de mais de 600%, se comparado com o mesmo período de 2021. Como consequência também existe um crescimento importante do fluxo de crianças nos atendimentos de urgência em pediatria.

A dengue em crianças merece atenção redobrada dos pais. “No início dos sintomas é esperado que as crianças apresentem febre alta e de difícil controle nas primeiras 24h e 48h, podendo persistir por mais alguns dias. Outros sintomas frequentes são: dores no corpo, mal-estar e recusa alimentar e líquida. Esses são sintomas do quadro clássico da dengue”, explica o pediatra João Francisco da Silva.

O profissional ressalta que nem sempre existe a necessidade de buscar a urgência nesses sintomas iniciais. “O atendimento de urgência deve ser procurado em situações de febre prolongada, após as 48h e 72h, e de difícil controle, crianças com mal estado geral, dificuldade de aceitação de líquidos e da medicação oral, sinais de desidratação, dores abdominais, vômitos persistentes, palidez, manchas no corpo ou quando há uma piora progressiva dos sintomas. Esses são sinais de alerta que indicam agravamento da doença e a necessidade de procurar a urgência rapidamente”, ressalta.

Outro ponto destacado é que em fases iniciais da dengue, ainda não é o momento ideal para a coleta de exames laboratoriais para confirmação do diagnóstico. “Os exames gerais como hemograma, PCR ou sorológicos para detectar a dengue só são possíveis com no mínimo três dias de sintomas”, explica o pediatra.

Para prevenção da dengue em crianças o pediatra recomenda a eliminação dos focos do mosquito Aedes aegypti. “Mantenha a casa limpa, não deixe acumular água nos locais abertos, usar repelentes e inseticidas domésticos, telas nas janelas, além do uso de roupas que protejam contra picadas de insetos também ajudam. Lembrando que as medidas terapêuticas são apenas sintomáticas, pois não existe tratamento para dengue. Por isso, a melhor forma de tratamento é a prevenção, eliminando os ovos e larvas do mosquito e consequentemente de insetos adultos”, aconselha o médico.

Da Redação

Tem tem Paraíba tudo para fazer sua Mãe mais feliz

Nenhum comentário:

 

Peixe venenoso é encontrado na praia de Barra Grande no litoral do Piauí

Nenhum comentário:

Um filhote de peixe-leão foi encontrado por um mergulhador na praia de Barra Grande, em Cajueiro da Praia, litoral do Piauí. O animal é venenoso e põe em risco as espécies nativas. 

Peixe-leão no Luís Correia - PI

O peixe foi localizado em área afastada de onde ficam os banhistas, entre as praias de Barra Grande e Barrinha.

"O peixe-leão é um animal venenoso e não deve ser manipulado sem proteção. Seu veneno causa dor forte e inchaço na área atingida. Casos letais são bastante raros, e a grande maioria dos acidentes se resolve sem maiores a menos que tenha total segurança", diz nota divulgada pelo Instituto complicações. 

Peixe-leão é encontrado na praia de Barra Grande no litoral do Piauí
Porém os efeitos variam para cada organismo e dependem da quantidade de perfurações e grau de exposição. Portanto evitem contato de Tartarugas do Delta.

180 Graus

REVOLTANTE: Torcida do Parnahyba é tratada com truculência em Teresina; Polícia jogou até spray de pimenta

Nenhum comentário:

A torcida do Parnahyba Sport Club, a mais presente, vibrante, tradicional e mais numerosa do Estado do Piauí, foi tratada com truculência neste sábado (30), por ocasião da final do Campeonato Piauiense entre Parnahyba e Fluminense-PI. 

Vídeo 1: 

Vídeos que circulam nas redes sociais mostram torcedores, entre eles crianças, jovens e até idosos, passando mal ao serem surpreendidos com jatos de spray de pimenta jogados por policiais. Uma moça chegou a desmaiar na arquibancada.

Vídeo 2:

Repercussão e depoimentos

Na página de entretenimento do litoral no Instagram “bbbphbnoticias”, um seguidor do Azulino que acompanhava a partida no Estádio Lindolfo Monteiro, comentou que a confusão teve início após alguns torcedores arremessarem latinhas de cerveja em direção ao gramado em protesto contra a arbitragem. O objeto teria atingido em ceio o peito de um policial.

“Eu estava lá, infelizmente alguns torcedores do Parnahyba arremessaram latas ‘dd’cerveja que acabou acertando em cheio o peito do policial... mais eles podiam ter pensado antes de fazer isso, eu passei muito mal fui, sem poder respirar e vomitando fui socorrido por algumas pessoas e minha esposa...”, argumentou.

Nossa reportagem conversou com outra torcedora que também estava no estádio, a qual contrapôs a versão anterior.

“Eu estava lá. 3 moças do ônibus que eu estava chegaram passando mal. Eu só puxei o meu padrasto para não pegar nada nele. Não vi ninguém jogando latinha, só vi quando a polícia já estava jogando spray e o povo correndo”, contou. 

Cenas como a de ontem já ocorreram em outros momentos. Intriga o fato de que mesmo em meio a toda a violência, a Federação Piauiense de Futebol se mantém inerte, sem tomar nenhum posicionamento, levando a crer que a entidade é contra o Parnahyba na competição, não respeitando desta forma a tradição e consistência do time ao levar mais uma vez a maior torcida da temporada para o estádio.

Vale destacar que mesmo conquistando o vice-campeonato, o Tubarão do Litoral consagrou-se mais uma vez vitorioso ao levar novamente a maior torcida da temporada do Estadual 2022. Parabéns para a torcida campeã dos estádios! Parabéns Parnahyba Sport Club!

Da Redação do Blog do Pessoa, com imagens via WhatsApp / Por Luzia Paula

sábado, abril 30, 2022

Parnahyba vence, mas o Fluminense-Pi fica com título de Campeão Piauense 2022

Um comentário:

Torcida do Parnahyba fazendo a festa no Pedro Alelaf - Foto: Blog do Jonys

O Parnahyba foi a Teresina neste sábado (30/04) para disputa da grande final do Campeonato Piauiense e jogou seu futebol encurralando o Fluminense –Pi, vencendo por 1 a 0, gol de Isac ainda nos acréscimos do primeiro tempo.

Como no primeiro jogo da final sofreu uma derrota pelo mesmo placar e o regulamento estava com Fluminense por ter feito a melhor campanha, ficou a um gol do título.

O time azulino mostrou que é um dos melhores times do Piauí, tanto no quesito de superação, o que levou mais torcida aos jogos e fez a alegria dos parnaibanos e do futebol piauiense.

São uns heróis, pois começaram o campeonato com um time formado as pressas, trocou de treinador, encarou derrotas, soube aprender com elas e chegou a grande final com dignidade e respeito que sempre elevou o time azulino.

No jogo deste sábado no Lindolfo Monteiro contra o Fluminense-Pi em Teresina, ficou nítida a qualidade de um time campeão, que com humildade deixou sua marca neste campeonato.

Quanto ao Fluminense, não tiramos o mérito da conquista de seu primeiro título de campeão piauiense em 80 anos de história. Parabéns Vaqueiro!

O Tubarão do litoral tem 14 títulos.

Mas o Parnahyba demonstrou que tem a torcida mais apaixonada do Piauí, a que mais compareceu e fez grandes festas nos estádios. Não só no Piscinão do Tubarão, como também,no Lindofo Monteiro.

Nosso Azulino, pode não ter ganhado o campeonato, mas ganhou o respeito que merece e vagas para o Campeonato Brasileiro-Série D, Copa do Brasil e Pré - Copa do Nordeste de 2023.

É um gigante do futebol piauiense, e continuará sendo.

Parabéns jogadores, torcida, diretoria e todos que fazem o Parnahyba.

A cidade de Parnaíba tem orgulho de seu representante no futebol piauiense e brasileiro.

Que venham novos desafios e novas conquistas .

O Parnahyba acima de tudo, é um patrimônio da cidade de Parnaíba e do Futebol Piauiense.

Redação Jornal da Parnaíba

Violência desenfreada: Mulher é morta a tiros e marido fica ferido em Parnaíba

Nenhum comentário:

No final da manhã deste sábado (30) uma mulher foi morta à tiros em Parnaíba. A vítima, identificada como Laiane dos Santos Lima, de 24 anos, estava na garupa de uma motocicleta quando foi atingida com os disparos de arma de fogo.

De acordo com informações preliminares, o marido da vítima pilotava a moto quando ambos foram abordados por dois homens que estavam armados, no momento da abordagem a mulher tentou fugir, e foi executada com vários tiros. O marido de Laiane foi atingido com um tiro nas costas, e foi socorrido pelo SAMU.

O crime aconteceu na localidade Estrada do Céu, na Ilha de Santa Isabel, em Parnaíba. No local foram encontrados várias cápsulas de pistola calibre 9 milímetros.

As Policias Civil e Militar estiveram no local realizando as diligências, e o Instituto de Medicina Legal (IML) fez a remoção do corpo.

Até o momento as motivações do crime são desconhecidas.

Fonte: Lupa1

Antônio Dib Moraes apita novamente a final entre Fluminense-PI e Parnahyba

Nenhum comentário:

Antônio Dib — Foto: Lucas Marinho

O árbitro Antônio Dib Moraes de Sousa vai comandar o segundo jogo da final do Campeonato Piauiense 2022 entre Fluminense-PI e Parnahyba. O piauiense será auxiliado por Márcio Iglesias Araújo Silva e Janystony Rabelo de Melo. O quarto árbitro será Antônio Francisco Cordeiro de Paula.Quarteto de arbitragem está definido para o jogo de volta da final do estadual do Piauí neste ano. Jogo entre Tricolor e Azulino está marcado para este sábado, às 17h30, em Teresina

A bola rola para Tricolor e Azulino neste sábado, às 17h30, no estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina.

Natural da cidade de União, distante 60km de Teresina, Antônio Dib Moraes de Sousa tem 39 anos, despontou comandando jogos no Piauí e ingressou no quadro de árbitros da CBF em 2010. Ele é policial militar.

Dib foi o árbitro no primeiro jogo da final da Copa do Nordeste de 2022, entre Sport e Fortaleza. Ele também atuou um outra final, em 2017, entre Sport e Bahia.

Neste ano, Dib apitou o jogo de ida entre as equipes em Parnaíba. Na oportunidade, o Flu-PI se saiu melhor e venceu por 1 a 0 o Tubarão. O confronto da volta marca uma vantagem para o Tricolor, que pode perder até mesmo por um gol de diferença que segue com a taça.

Desde a primeira final do estadual até antes da segunda partida da decisão, Dib foi contestado em algumas ações dentro de campo. No primeiro jogo, três lances chamaram a atenção e geraram polêmicas dentro da partida.

A maior delas foi o gol anulado do Parnahyba. No momento do gol, a arbitragem visualizou Isac, atacante do Tubarão, em posição irregular. Mesmo com a cabeçada que gerou o primeiro gol da partida naquele momento, o lance foi invalidado.

Em outra jogada, Janeudo fez jogada individual pela esquerda, Felipe Pacajus no chão tirou a bola com a mão, mas a arbitragem mandou o lance seguir e não marcou a penalidade para o Fluminense.

O lance de falta para o Fluminense-PI que gerou o gol de Tiaguinho, na partida de ida, também revoltou todos do Parnahyba. Na cobrança, o camisa 6 do Tricolor acertou forte chute, a bola desviou na barreira e foi parar nas redes.

Na Série A do Campeonato Brasileiro, na partida entre Avaí e Goiás, Dib se envolveu em mais uma polêmica. Depois de Morato ter feito gol, os torcedores acompanharam a expulsão do atacante do Leão e também dois pênaltis anulados do Esmeraldino.

Logo no início do jogo, aos seis minutos, Dib marcou pênalti em jogada de Apodi. Após revisar no var, viu que a falta no lateral foi fora da área. Aos 35 minutos, uma jogada parecida foi realizada e o árbitro voltou atrás novamente e revogou sua própria decisão.

Fluminense-PI x Parnahyba:

  • Data: 30 de abril;
  • Horário: 17h30;
  • Local: Estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina;
  • Arbitragem: Antônio Dib Moraes de Sousa, Márcio Iglesias Araújo Silva, Janystony Rabelo de Melo e Antônio Francisco Cordeiro de Paula.

Fonte: Globo Esporte-Pi l Edição: Jornal da Parnaíba

---------------------------------
-------------------------------