sexta-feira, maio 01, 2020

Vigilância Epidemiológica realiza constante monitoramento de casos de Covid-19 em Parnaíba

Mapeamento dos casos de contaminação por coronavírus
Por determinação do Prefeito de Parnaíba, Mão Santa, a Secretaria Municipal de Saúde adotou uma série de ações no enfrentamento à Covid-19, como a intensificação do trabalho das equipes das Vigilâncias em Saúde (Epidemiológica, Sanitária e Ambiental). 

A Sala de Situação da Vigilância Epidemiológica faz o constante monitoramento de casos da doença na cidade, com dados recebidos da Regional de Saúde e com base em atendimentos no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA). 
Sala de Situação da Vigilância Epidemiológica
Para aumentar a capacidade de leitos de UTI na região, uma parte do centro de saúde do Hospital N. S. de Fátima foi reformado e está prestes a entrar em funcionamento com 10 leitos de UTI, 20 de enfermarias, ambulatório e clínica de atendimentos a casos intermediários e graves de Coronavírus.

E para ampliar o acesso da população às informações sobre o trabalho da Secretaria Municipal de Saúde durante a pandemia, o órgão faz a publicação diária de boletim com dados sobre os casos confirmados, descartados, alta com isolamento domiciliar, em observação hospitalar, óbitos, entre outros. 
Além de Coronavírus, a Sala de Situação também monitora casos de outras doenças, como de infectados com Influenza H1N1.

“A Sala de Situação faz acompanhamentos de casos suspeitos e confirmados de casos de Covid-19, e de seus comunicantes, pessoas que vivem na mesma residência ou que tiveram contato direto e recente com o paciente. Esse trabalho serve, ainda, para avaliar como anda a evolução de todos os pacientes com sintomas gripais na cidade, que são acompanhados pelas UBS’s. Caso seja confirmado com a doença, o paciente é encaminhado a hospital de referência, para exames e internação, quando necessário. Os profissionais da Secretaria Municipal de Saúde que trabalham diretamente com casos suspeitos de Coronavírus também farão exames regulares”, disse Rejane Moreira,

Os pacientes com casos suspeitos que forem mapeados pela Sala de Situação da Vigilância Epidemiológica de Parnaíba recebem uma consulta de telemedicina com a infectologista Renata Beltrão, e são orientados sobre todos os protocolos de segurança e preventivos que devem ser adotados por eles e seus familiares, bem como para o encaminhamento para o teste rápido. Duas equipes fazem exames swabs na residência dos suspeitos da doença, e, em média, em 24 horas temos o resultado. Para os testes rápidos, o resultado sai com mais rapidez, mas depende do período de contaminação do paciente. 

“O Núcleo Epidemiológico do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA) repassa as informações ao nosso setor responsável, e, no final, é feito o consolidado dos casos em Parnaíba, quando, daí, emitimos o boletim informativo sobre os casos de Covid-19 na região, sempre depois das 18 horas. Apesar do pânico generalizado e criado por conta da pandemia, a informação ainda é a melhor arma na prevenção e combate a esse vírus específico ou a todas as demais enfermidades, em nível local ou global”, finaliza a Secretária.

Jornal da Parnaíba

Nenhum comentário:

---------------------------------
-------------------------------