segunda-feira, março 15, 2021

Descaso com a educação pública em Parnaíba; Uespi deixa população sem cursos importantes para a cidade

Uespi de Parnaíba, PI

Para alguns alunos que se prepararam ao longo do ano para encarar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e tiveram um ano com muita dificuldade devido a pandemia do novo coronavírus, a corrida por uma vaga na universidade pode ficar ainda mais complicada. Os alunos foram pegos de surpresa ao tentarem realizar suas inscrições para o primeiro semestre de 2021 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) em alguns cursos do campus de Parnaíba da Universidade Estadual do Piauí (Uespi). O fato é que o campus este ano não ofertará vagas para os cursos de Direito, História e Ciências da Computação, que são os mais procurados. O vereador e presidente da Câmara Municipal de Parnaíba, Carlson Pessoa (DEM), recebeu a denúncia por parte de alunos e professores.Vale ressaltar que em 2019 já havia ocorrido a tentativa de retirar o curso de Direito da Uespi de Parnaíba, a exemplo do ocorrido com o Curso de Formação de Oficiais da Academia de Polícia. À época, o vereador Carlson Pessoa interviu veementemente, ecoando o episódio em todo o Estado.

Matérias relacionadas:
Uespi não ofertará vagas para os cursos de Direito e Letaras/Inglês de Parnaíba

Vereador solicita daOAB informações sobre advogados formados na Uespi de Parnaíba

Carlson Pessoa, presidente da Câmara Municipal de Parnaíba

Carlson foi bastante incisivo durante debates na Câmara Municipal de Parnaíba. O parlamentar defendeu a permanência do curso, pois existem vários jovens que não têm condições financeiras para arcar com os custos de uma universidade particular na cidade de Parnaíba ou até mesmo se deslocar para município ou Estado a fim de se formarem em Direito. O representante do povo também solicitou que a Câmara de Parnaíba encaminhasse um ofício ao governador Wellington Dias (PT), ao reitor da Uespi e ao diretor do campus em Parnaíba, Eyder Franco Sousa Rios, para que eles explicassem e justificassem o motivo do não oferecimento de vagas para os cursos de Direito e Letras/Inglês para o Enem de 2019.

Agora como presidente da Câmara Municipal, continuará lutando pela permanência dos cursos em Parnaíba. Na última sexta-feira (12), a assessoria de comunicação da Câmara entrou em contato com o diretor Rios, o qual informou que desconhecia tais informações.

“Não estou sabendo, mas buscarei obter as informações a respeito do assunto e posteriormente entrarei em contato para passar as informações necessárias sobre o que está acontecendo”, disse o diretor.


Até o fechamento desta matéria não obtivemos respostas da Universidade sobre o dilema de o campus ofertar ou não em Parnaíba os cursos de Direito, História e Ciências da computação.

Inércia dos aliados do governo
Enquanto os alunos sofrem com esse emaranhado de incertezas e falta de respostas por parte da instituição de ensino, grupos e personalidades políticas do litoral ligadas ao Governo do Estado, responsável pela unidade de ensino, vergonhosamente ignoram o caso.

A venda nos olhos também se faz presente quando o assunto é o espantoso número de doses da vacina contra o coronavírus enviada para Parnaíba na última quarta-feira (10). Das 36 mil doses que o Ministério da Saúde repassou para o Piauí, apenas 299 foram mandadas para o litoral por W. Dias e Florentino Neto. Estão brincando com a vida e com sonhos dos parnaibanos.

Ascom

Nenhum comentário:

---------------------------------
-------------------------------