sexta-feira, dezembro 04, 2020

Os bons ventos sopram na Lagoa do Portinho

Na última semana de novembro a Lagoa do Portinho foi palco para a disputa do Campeonato Brasileiro de Windsurf nas Modalidades Slalom e Speed.
Estiveram presentes 28 velejadores de todas as regiões do Brasil e um patrício de Portugal. Mais uma vez o cenário da lagoa com suas brancas dunas, matas verdejantes, aguas na temperatura ideal e ventos constantes encantaram os competidores. Agregando-se a tudo isso uma organização criteriosa que montou uma arena com estrutura digna de eventos internacionais - na avalição de velejadores que rodam o mundo em grandes eventos – garantiram o sucesso da competição. Este é um campeonato oficial da Confederação Brasileira de Vela – Cbvela e da Associação Brasileira de Wndsurf – ABWS.

Na condição de promotor do evento já protocolamos junto a estas entidades o nosso pedido para sediar em 2021 o Campeonato Sul-Americano da Classe. O pedido já foi encaminhado para as federações internacionais que regem esse esporte... vamos torcer para que nossa solicitação seja atendida.
Esse evento torna-se, ainda mais importante, tendo um significado todo especial, por marcar o ressurgimento, a partir do leito totalmente seco, da nossa querida que após um longo período de estiagem praticamente Lagoa do Portinho desapareceu em meio as dunas. Agora, com seu manancial totalmente recuperado, volta a ser destaque como o nosso principal cartão postal. As imagens ali geradas durante o campeonato estão correndo o mundo e já começamos a receber muitos pedidos de informações, sobre: localização, como chegar e qual o melhor período para velejar. Eventos esportivos tem esse poder de divulgar através da mídia espontânea o potencial turístico de uma região e, com isso, atrair a atenção de visitantes e potenciais investidores.

Tudo isso só foi possível graças a soma de esforços de entidades como o SEBRAE, SESI SENAI e da iniciativa privada Como Marina Velho Monge / VM Experience, Grupo York, Hotel de Charme Casa de Santo Antônio, Hotel Cívico e do empresário e velejador José Morales que colocou recursos financeiros no evento. Mas, principalmente, da Prefeitura Municipal de Parnaíba na pessoa do Prefeito Mão Santa que desde o ano passado vem apoiando de forma decisiva a realização dessa importante competição em nossa cidade e do Superintendente de Turismo Edrivandro Barros.
Gostaria de fazer um agradecimento muito especial a Secretária de Infraestrutura Gracinha Moraes Souza que de pronto atendeu nossas demandas quanto a limpeza de toda a área do estacionamento da lagoa, recuperação do monumento ao velejador Assis Junior, limpeza e roçado das margens das estradas de acesso à lagoa e recuperação da iluminação pública nas duas vias de acesso, numa demonstração de dinamismo, pro atividade e sensibilidade às causas da cidade. Precisamos de pessoas com esse compromisso e determinação na condução da coisa pública.

Agradecimentos:
Guto Brito – Presidente da ABWS
Mathias Pinheiro – Organização
Bertrand Colfort – Presidente da Comissão de Regatas
José Fortes – Diretor de Apuração Eletrônica
Ricardo Conde – Velejador e Jornalista
Moises Saba – Fotografo
Até 2021 com o Campeonato Sul-Americano de Windsurf Slalom
Joca Vidal – Diretor Executivo












Por: Joca Vidal | Edição: Jornal da Parnaíba

Nenhum comentário:

---------------------------------
-------------------------------