domingo, abril 12, 2020

Saque do FGTS beneficiará até 60,2 milhões de trabalhadores

O dinheiro estará disponível de 15 de junho a 31 de dezembro e voltará para a conta do fundo, caso o trabalhador não faça a retirada.
Presidente Bolsonaro e ministro da economia Paulo Guedes
O novo saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) de até um salário mínimo (R$ 1.045) autorizado pelo presidente Jair Messias Bolsonaro e do Ministro da Economia Paulo Guedes beneficiará até 60,2 milhões de trabalhadores, disse ontem (8) o secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida. 

Segundo Adolfo Sachsida, os trabalhadores devem retirar até R$ 36,2 bilhões nos próximos meses, dinheiro que ajudará a economia em meio à pandemia do novo coronavírus (COVID-19).
Secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida
O novo saque beneficiará os trabalhadores de menor renda. Segundo o Ministério da Economia Paulo Guedes, R$ 16 bilhões serão liberados para 45,5 milhões de trabalhadores com até cinco salários mínimos de saldo no FGTS. 

O presidente Bolsonaro informou que "O dinheiro estará disponível de 15 de junho a 31 de dezembro" Quem não sacar neste período o valor voltará para a conta do fundo do trabalhador.

Edição: Jornal da Parnaíba

Nenhum comentário:

---------------------------------
-------------------------------