quinta-feira, março 05, 2020

Vereador cobra aplicação da lei que proíbe corte de energia às vésperas de finais de semana e feriados

Os problemas relacionados aos serviços prestados pela Equatorial Piauí (antiga Cepisa) na cidade de Parnaíba foram tema de uma intensa discussão durante a sessão plenária da Câmara Municipal nesta quarta-feira (04). Por questão de ordem, o vereador André Neves lembrou da lei de sua autoria que proíbe o corte de energia elétrica às vésperas de finais de semana e feriado na cidade de Parnaíba.

Esta legislação, apesar de ter sido sancionada no ano de 2017 pelo prefeito Mão Santa, não estaria sendo cumprida. Pelo contrário, as informações vindas da própria população dão conta de que a Equatorial Piauí estaria intensificando os cortes de energia, tendo reduzido o prazo de tolerância para talões em aberto. Isso além de continuar efetuando o corte mesmo em vésperas de feriado e final de semana.

André Neves destacou as inúmeras as reclamações de consumidores quanto às práticas adotadas pela empresa de energia. Os vereadores Reinaldo Filho e Fátima Carmino se associaram ao debate. Já o vereador Carlson Pessoa, por sua vez, requereu a convocação do diretor da Agência Reguladora dos Serviços Públicos de Parnaíba para que este fale sobre que ações podem ser tomadas para com a Equatorial.

Sobre a lei
Com a lei de autoria do vereador André Neves, fica proibido o corte no fornecimento de água e energia elétrica por parte das concessionárias responsáveis pelo serviço, em finais de semana, feriados em que em que não haja expediente bancário, bem como na véspera dos referidos dias.

“Surgiu após sermos procurados por consumidores que tiveram o serviço cortado em finais de semana, feriados e até em dias normais após o horário de funcionamento de bancos e/ou loterias. Isso impossibilita o pagamento das contas para que o fornecimento possa ser restabelecido”, explicou André Neves.

Edição: Jornal da Parnaíba

Nenhum comentário:

---------------------------------
-------------------------------