sexta-feira, janeiro 11, 2019

Ministério Público autua Bradesco por descumprir tempo de espera

É comum a formação de filas para espera do atendimento na agência do Bradesco em Parnaíba
O Ministério Público do Piauí, através da 2ª Promotoria de Parnaíba, autuou a agência do Banco Bradesco (situada na Avenida Pinheiro Machado – nº 525) pelo descumprimento da lei municipal que estabelece um tempo máximo de permanência na fila de espera por atendimento. O prazo estabelecido é de 30 minutos em dias normais, a partir do momento em que o cliente faz a retirada da senha.

Segundo o promotor Cristiano Farias Peixoto, quem tem desenvolvido na cidade uma ação focada na defesa do direito do consumidor, ficou constatado – durante fiscalização nesta sexta-feira (11) – que um cliente estava aguardando atendimento há pelo menos 46 minutos. “Depois que o banco apresentar sua defesa, poderá ser arbitrada uma multa pelo descumprimento da lei”, explicou.
O promotor ressalta ainda que o banco é reincidente neste tipo de destrato ao cliente e que por isso foi aberto um Inquérito Civil Público para apurar a conduta do Bradesco. “Tentamos fazer com que fosse firmado um Termo de Ajuste de Conduta para definir um prazo de adequação do banco, mas este se recusou”, completa Cristiano Peixoto, que nos últimos dois dias esteve fiscalizando postos de combustível, farmácias e o uso do taxímetro pelos taxistas, junto com o Procon Estadual.

Por Daniel Saturnino/PCN | Edição: Jornal da Parnaíba
Postar um comentário