domingo, março 14, 2021

Porto das Barcas ganha museu que homenageia um dos maiores dramaturgos do país


Benjamim Santos, 81 anos é parnaibano e autor de 11 peças infantis
Considerado um dos maiores dramaturgos do Brasil, Benjamim vai dar nome ao teatro construído no Museu do Mar, no Porto das Barcas, em Parnaíba. O Complexo Arquitetônico do Porto das Barcas ganha a maior reforma da sua história, que deve ser concluída na primeira quinzena de abril. Benjamim, que hoje vive em Parnaíba, onde continua com a carreira de escritor, conheceu o teatro de 40 com lugares que o homenageia.

“Desde menino que escrevo e faço teatro. Fiz teatro em Recife, no Rio de Janeiro, na Parnaíba. Conheci muitos teatros que homenageiam personalidades como José de Alencar e Carlos Gomes, e agora recebo com espanto e alegria a notícia de que o Governo do Estado, através da Secretaria de Cultura e do secretário Fábio Novo, iria dar meu nome a um novo teatro, no Porto das Barcas. Valeu, Piauí!”, diz Benjamim.
Fotos: João Allbert
O teatro Benjamim Santos é o 14º entregue na gestão do secretário Fábio Novo à frente da Secretaria de Estado da Cultura – Secult. “É mais um teatro entregue no Piauí. Ele conta com moderno sistema de som e luz, é climatizado, possui camarins e vai poder abrigar pequenos espetáculos e palestras no Museu do Mar, em Parnaíba. É uma alegria poder homenagear um grande dramaturgo, que voltou para sua terra natal e continua produzindo com muito talento. As obras do Porto das Barcas estão na fase de conclusão e esperamos entregar o espaço na primeira quinzena de abril”, afirma Fábio Novo.

Entre os teatros já entregues pelo Piauí, há o teatro Alard, em Bom Jesus, o teatro do Centro Cultural Benjamin José Nogueira, em Corrente, o teatro do Memorial Expedito Resende, em Piripiri, dentre outros. “Em Parnaíba, ajudamos na conclusão do Teatro Saraiva, o segundo maior do Estado, com 350 lugares. Reformamos ainda o teatro Maria Bonita, em Floriano, e o Cineteatro de Oeiras. No segundo semestre deste ano queremos entregar o teatro de Picos”, completa o secretário.

CURRÍCULO – Benjamim Santos nasceu na cidade de Parnaíba-PI. Na década de 1960, mudou-se para Recife, onde estudou na Faculdade Direito, e Filosofia, o Seminário de Olinda. De volta ao Recife, fundou o Grupo Construção, trabalhou no Teatro Popular do Nordeste, grupo dirigido pelo encenador Hermilo Borba Filho, e fundou o Teatro de Arribação, que levava espetáculos aos engenhos de cana-de-açúcar. Durante cinco anos manteve uma coluna de teatro no Jornal do Commercio, no Recife (PE).A partir dos anos setenta, residindo no Rio de Janeiro, além do teatro infantil, destacou-se como autor de grandes espetáculos ao ar livre, como Paixão de Cristo, nos Arcos da Lapa, e sobretudo como diretor de shows de música popular, tendo dirigido Quarteto em Cy, Nara Leão, Kleiton e Kledir, Ângela Maria, MPB-4, Marlene e muitos outros. Atualmente, Benjamim Santos vive em Parnaíba e continua sua carreira de escritor.

PORTO DAS BARCAS - A obra de recuperação de todo o complexo é a maior em execução no Nordeste. O local ganhou novos projetos de iluminação e sinalização, que além de valorizar a arquitetura, também facilita a orientação e visitação turística. Dentre os destaques, o local vai ganhar um píer para voltar a ter embarcações saindo em direção a destinos turísticos da área. Além disso, o Complexo vai ganhar o Museu do Mar, que vai ser o maior museu do Piauí, criado para comportar um acervo baseado em pesquisas sobre a região. Entre as peças, está a ossada de um peixe-boi e um esqueleto de baleia cachalote, que possui 16 metros de extensão.

Da redação
redacao@cidadeverde.com | Edição: Jornal da Parnaíba

Nenhum comentário:

---------------------------------
-------------------------------