quarta-feira, dezembro 02, 2020

Filme mais antigo de sempre renovado por vida da Inteligência Artificial

A Inteligência Artificial tem sido autora de muitas das boas notícias recentes e a renovação do filme mais antigo de sempre é, agora, uma dessas notícias. Saiba qual é o filme mais antigo do mundo e qual o papel da Inteligência artificial em sua recuperação.

Você deve ter notado, por agora, que a Inteligência Artificial (IA) está um pouco por todo o lado. Vários locais que você visita regularmente em seu celular, incluindo o do seu cassino online ou de seu banco, incluem já ferramentas que utilizam a IA com a finalidade de melhorar sua experiência cotidiana, tornando todos os processos mais rápidos, mais eficazes e mais seguros para você.

O uso da IA se manifesta nesse mundo tecnológico mas não apenas nele. Os avanços feitos por essa forma digital de inteligência estão permitindo a renovação da medicina e as novas descobertas da ciência, facilitando os avanços mais importantes do século e acelerando invenções que demorariam muito mais a suceder sem a aplicação dessa tecnologia.


Facilitando a compreensão de assuntos bem pertinentes para a vida humana e promovendo melhores experiências em inúmeras ações lúdicas e do cotidiano, a IA tem manifestado uma imensa importância ao longo do século XXI.

No mundo do cinema, essa tecnologia se destacou recentemente, ao recuperar o filme que está considerado como o mais antigo do mundo. Saiba mais.

O filme mais antigo do mundo e sua recuperação
Rodado em 1888, ano no qual nós, em solo brasileiro, assinávamos a Lei Áurea, o filme "Roundhay Garden Scene" do inventor Louis Le Prince fazia história, criando 20 quadros que se tornariam a primeira sequência em vídeo de sempre.

Essa rodagem francesa teve grande impacto na época e tem sido estudado como o primeiro de todos os filmes ao longo dos anos. Inesperado para muitos era a ideia de que esses 20 quadros viessem, mais de cem anos após seu lançamento, a se transformar num vídeo com alta resolução, de 250 quadros, com a interferência de uma das mais aclamadas ferramentas tecnológicas do momento: a Inteligência Artificial.


Como surgiu a ideia de recuperar o filme
A recuperação de "Roundhay Garden Scene" foi ideia de Denis Shiryaev. Esse diretor polonês considerou que, se separasse cada quadro e os alinhasse com a ajuda da IA, melhorando sua definição, poderia recuperar o filme, tornando-o mais fluído, mais moderno e destacando sua importância histórica.

Integrando a coleção presente no Museu de Ciência de Londres, esse filme esteve na base da criação que, mais tarde, nos foi apresentada e que pode ser vista, agora, YouTube.

Essa recuperação de um filme criado com lente única e película de papel faz com que o cinema encontre uma forma de se renovar, trazendo algumas das primeiras criações de sempre até aos amantes dessa área artística.

Os entusiastas do cinema se encontram arrebatados por essa nova evolução que permite transformar películas antigas em verdadeiros filmes HD, que trazem de forma totalmente renovada os primórdios da sétima arte.

Nenhum comentário:

---------------------------------
-------------------------------