segunda-feira, junho 08, 2020

Homem procura tesouro na praia da Pedra do Sal em Parnaíba

O jornalista Ribamar Aragão flagrou mais uma vez o “caçador de tesouro” na praia da Pedra do Sal, em Parnaíba (PI).
Na verdade o homem usa um equipamento especial para detectar objetos de metal na faixa de areia onde costumam ficar os banhistas. Estes caçadores de tesouro escondidos nas praias afirmam que quanto mais frequentada é a praia mais objetos são encontrados, especialmente na maré baixa.

Os objetos mais encontrados são moedas, mas também são encontrados frequentemente joias de ouro como anéis, alianças pulseiras e cordões perdidos pelos usuários das prais.
A prática de procurar objetos nas praias com detectores de metais é algo mais comum nos Estados Unidos e em alguns países europeus.

Os ‘caçadores de tesouro’ mais experientes afirmam que nos lugares onde os banhistas costumam descansar, perto do mar, é onde se encontra mais objetos. Já tem pessoas que estão vivendo de praia, eles chegam 8h, fazem uma hora de almoço e saem às 18h. não raro encontrar gente que já juntou até 1kg de ouro entre brincos, anéis e correntes no período de 1 ano.

Por José Wilson | Jornal da Parnaíba

2 comentários:

ASC disse...

Desta vez nao sou eu Ribamar este e outro caçador. Um kg de ouro essa foi boa!!! So tem lixo ferroso que podem machucar os banhistas, nosso trabalho e de retirar lixos ferrosos da praia e garantir segurança contra os ferimentos que atrapalham muitas vezes que vem de tao longe prestigiar nosso litoral. Oque falta é patrocínio para continuar com o trabalho sério.

Unknown disse...

De qualquer forma ajuda bastante e torcendo aqui que ele acha um barril de ouro...

---------------------------------
-------------------------------