quinta-feira, janeiro 16, 2020

Espelho quebrado jogado na rua causa acidente

Espelho quebrado e os cacos jogados irresponsavelmente na rua

Na manhã da última terça-feira (14), uma pessoa que não recebeu educação o suficiente para aprender a conviver em sociedade, jogou os cacos de vidros de um espelho quebrado em frente ao muro de um terreno ao lado de minha casa. Uma criança que estava brincando inocentemente apanhou um pedaço do vidro e teve um corte feio na mão.

Para evitar que novos acidentes ocorram vou pegar o vidro e embalar em uma caixa e colocar uma identificação para ser levado pela coleta de lixo. Paralelamente resolvi postar o texto abaixo, explicando com se deve proceder com vidros quebrados, garrafas, lâmpadas, etc. 
Se for uma quantidade grande de vidro quebrado, emale em uma caixa e identifique.
O vidro depois de quebrado se torna um material perigoso, que pode causar acidentes. Para evitar qualquer tipo de corte, o melhor a se fazer depois de quebrar um vidro é fazer o descarte deste material o mais rápido possível.

Como o vidro é um material que demora muito tempo para se decompor na natureza, há alguns cuidados especiais que devemos tomar para minimizar os possíveis impactos ambientais.
Dicas para fazer o descarte do vidro
  • Envolva bem os pedaços do vidro em várias folhas de jornal ou plástico bolha e coloque em uma caixa de papelão e identifique;
  • Outra opção é cortar uma garrafa pet, colocar os pedaços de vidro dentro dela e fechá-la com a parte superior, lembrando-se de vedá-la bem com fita adesiva, para que não abra no caminho;
  • Se o vidro for reciclável, como embalagens de bebidas, alimentos, medicamentos e cosméticos, verifique o dia da coleta seletiva do seu bairro e descarte o material junto com o lixo limpo, porém escreva no pacote que o conteúdo é vidro;
  • Monitores de TV e computador são lixo eletrônico e não podem ser descartados com o lixo comum ou reciclável. Devolva o equipamento ao fabricante ou informe-se sobre os locais que fazem essa coleta na sua cidade;
  • Lâmpadas fluorescentes devem ser descartadas em locais específicos por possuírem resíduos tóxicos, informe-se sobre o local de descarte na sua cidade. Já as lâmpadas incandescentes podem ser descartadas no lixo comum, pois não podem ser recicladas.

José Wilson | Jornal da Parnaíba

Nenhum comentário:

---------------------------------
-------------------------------