segunda-feira, novembro 25, 2019

UESPI volta atrás e decide continuar ofertando os cursos de Direito e Letras/Inglês no campus de Parnaíba

Embora não seja oficial, informações de pessoas ligadas ao Governo do Estado do Piauí, após denúncias do Vereador Carlson Pessoa o Conselho Universitário da UESPI teria voltado atrás da decisão de não mais ofertar vagas para os cursos de Direito e Letras/Inglês para o campus de Parnaíba.
Reitor da Uespi, Nouga Cardoso Batista
O Governo do Estado, após denúncia do vereador Carlson Pessoa, voltou atrás da tentativa de acabar de vez com o curso de Direito em Parnaíba. De acordo com informações divulgadas neste final de semana por pessoas ligadas ao governo estadual, os cursos de Direito e Letras/Inglês da Universidade Estadual do Piauí (Uespi) – campus Alexandre Alves Oliveira, em Parnaíba, não mais serão retirados do litoral.

A informação teria sido confirmada pelo próprio reitor da Uespi, Nouga Cardoso Batista, afirmando que durante reunião do Conselho Universitário ocorrida nos últimos dias, foram aprovadas todas as vagas para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), no campus da capital do Delta.
O curso de Direito da Uespi de Parnaíba foi implantando na época em que Mão Santa era governador, desde então ilustres advogados se formaram no litoral. Entretanto, os gestores que o sucederam não deram a devida manutenção, sendo que até o prédio do Colégio Parnaibano, que foi recuperado para a implantação e funcionamento do curso de Direito, mas que por falta de conservação, foi fechado devido a condições mínimas de segurança para o seu funcionamento. Com isso o curso foi realocado para as dependências do campus da Uespi, na Avenida Nossa Senhora de Fátima, o descaso continuou, chegando a atual situação calamitosa devido as péssimas condições de infraestrutura por parte do Estado.

Jornal da Parnaíba com informações de Luzia Paula/Blog do Pessoa

Nenhum comentário:

---------------------------------
-------------------------------