terça-feira, outubro 01, 2019

Galão de óleo e mais manchas escuras são encontrados em praias do Piauí

Ibama recebeu a denúncia de um segundo galão, desta vez em Cajueiro da Praia, mas ainda não foi confirmado. Manchas de óleo já apareceram em seis praias no litoral do Piauí.
Galão de óleo foi encontrado na Praia Peito de Moça, em Luiz Correia, Litoral do Piauí — Foto: Divulgação/Instituto Tartarugas do Delta
Um galão de óleo e mais manchas de óleo foram encontrados na tarde desta segunda-feira (30) na Praia Peito de Moça, em Luiz Correia, no Litoral do Piauí. O material foi coletado e será analisado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). O órgão recebeu a denúncia de um segundo galão, desta vez em Cajueiro da Praia, mas ainda não foi confirmado.

"A equipe do Ibama durante vistoria nas praias encontrou esse galão de 20 litros, sem identificação e contendo óleo. O material foi coletado para análise do Instituto. Mais manchas também foram localizadas nas praias do Peito de Moça, Praia do Coqueiro e Pedra do Sal", disse Daniel Castro, chefe da Área de Proteção Ambiental (APA) do Delta.
Manchas de óleo foram encontradas na Praia Peito de Moça, em Luís Correia, e outras 5 praias do litoral do Piauí — Foto: Divulgação/Instituto Tartarugas do Delta
A bióloga Werlanne Magalhães, do Instituto Tartarugas do Delta, destacou que nenhum animal foi encontrado até o momento com manchas de óleo e os comerciantes das praias estão sendo alertados sobre o descarte correto do material.

"Estamos fazendo divulgação aos banhistas para evitar o contato com óleo e os procedimentos com as animais que forem encontrados com as manchas. Os comerciantes foram orientados a forma correta de retirar a substância da areia, coco e garrafas, entre outros materiais, para não misturar com o lixo comum", explicou a bióloga.

No fim de semana, manchas foram localizadas em mais três praias do litoral piauiense. Segundo os ambientalistas da Área de Proteção Ambiental do Delta e do Instituto Tartarugas do Delta, as porções de óleo encontradas no Piauí são menores do que as que chegam a outras praias do Nordeste. A substância foi achada pela primeira vez no estado, na Praia do Arrombado, na sexta-feira (27).
Óleo foi achado em coco que chegou à Praia de Atalaia, litoral do Piauí. — Foto: Divulgação/Instituto Tartarugas do Delta
As manchas foram encontradas nas praias de Atalaia, Itaqui e em Cajueiro da Praia. Na Praia de Itaqui, um kitesurfista encontrou o óleo preso aos cabos do equipamento quando voltou para a areia. No dia 24 deste mês, um vídeo registrado por um surfista na Ilha dos Poldros, no Delta do rio Parnaíba, mostra várias manchas espalhadas pela areia da praia. Em um momento do vídeo, o surfista mostra uma tartaruga morta e coberta pelo óleo.

A Marinha Brasileira informou que vem acompanhado o aparecimento das manchas de óleo no litoral piauiense e que o material coletado na tartaruga encontrada morta foi encaminhado para Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira, pertencente a organização militar, para identificar a origem da substância.
Tartaruga morre ao ser atingida por óleo no Delta do Parnaíba
De acordo com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), o óleo que está poluindo as praias nordestinas têm a mesma origem, mas ainda não é possível afirmar de onde ele viria. Segundo a Petrobras, trata-se de óleo cru, que não é produzido no Brasil.

Por Catarina Costa, G1 PI | Edição: José Wilson | Jornal da Parnaíba

Um comentário:

Unknown disse...

parece armação depois que divulgaram que o litoral do piaui ia entrar de vez na rota turistica do Brasil vem aparecendo coisas estranhas como manchas de óleo nas principais praias do litoral!,espero que não seja criminosa essa ação!!

---------------------------------
-------------------------------