terça-feira, março 17, 2020

Parque Ambiental Lagoa do Bebedouro, uma das belas paisagens de Parnaíba

Um dos mais belos recantos de Parnaíba, no litoral piauiense, o Parque Ambiental Lagoa do Bebedouro é um dos mais importantes acidentes geográfico da cidade. Veja imagens do PHB Drones.

Por se constituir numa grande bacia, recebe as águas pluviais adjacentes, e nas grandes marés, as do Rio Igaraçu. Imagina-se que nasceu juntamente com a cidade.

No passado, esse lago servia de bebedouro para o gado que pastava nessa zona eivada de rusticidade. Sua extensão é de 504,6 metros de frente por 1.3km de fundo, isso é de extensão.

Como nasceu a Lagoa do Bebedouro
Em 1960 era governador do Piauí o parnaibano Francisco das Chagas Caldas Rodrigues tendo como prefeito de Parnaíba seu irmão,  José Alexandre Caldas Rodrigues. Para beneficiar a próspera indústria de cerâmicas o governador autorizou a pavimentação poliédrica de cerca de quatro quilômetros ligando Parnaíba ao povoado Igaraçu onde existia uma grande indústria de cerâmica (telhas), a Fábrica Cortez.

Mas tinha um empecilho para a concretização do projeto que era um alagadiço  que recebia águas de um olho d'água no verão e que se misturava com as águas do Rio São José no inverno formando um pequeno lago onde hoje é a Lagoa do Bebedouro, para solucionar esta questão foi feito um grande aterro ligando a "Cidade sem Deus" ou "Cidade dos Paus" que hoje é parte do bairro Santa Luzia ao povoado Cata-vento, hoje Bairro São Vicente de Paula. 

Após a construção da parede do aterro com um sangradouro para despejar o excesso das águas no Rio São José, principalmente no período invernoso, o lago ficou bem maior. A obra foi realizada pela Construtora Atalaia, tendo como engenheiro Dr. Benedito Raimundo Alves Pereira.

Por José Wilson | Jornal da Parnaíba

Nenhum comentário: