sexta-feira, janeiro 04, 2019

Vigilância Sanitária é impedida de entrar na Agespisa


Na manhã desta sexta-feira (04), agentes da Vigilância Sanitária (VISA) foram impedidos de entrar para fiscalizar a qualidade da água fornecida pela Agespisa de Parnaíba. Será feito um relatório e comunicado à justiça.


A Vigilância Sanitária tem recebido inúmeras denúncias de má qualidade da água fornecida pela Agespisa é dirigiu-se ao órgão para fiscalização de rotina, mas os fiscais foram impedidos de adentrar as dependências da Agespisa frustrando o trabalho dos fiscais.
Servidores da Agespisa relataram que receberam ordens do presidente da empresa para que não permitam a entrada de nenhuma agente da Prefeitura nem recebam qualquer notificação.
Relatório da visita frustrada de fiscalização da Visa junto a Agespisa de Parnaíba
O presidente da Aserpa, Lisandro Ayres, lamentou a atitude da empresa e disse que medidas administrativas e judiciais estão sendo tomadas contra ações que classificou como abusivas, arbitrárias e ilegais.

A Comissão do Município responsável pelos atos de transição foi comunicada e dirigiu-se ao local onde também foram impedidos de exercer suas funções.

Agespisa foi municipalizada no dia 28 de dezembro de 2018 através do Decreto 164/2018, entretanto decorrido uma semana a comissão formada para fazer a transição pacífica e assunção da empresa está encontrando dificuldade para realizar o trabalho.

Por José Wilson | Jornal da Parnaíba
Postar um comentário