quarta-feira, junho 13, 2018

Aeroporto de Parnaíba fica sem guarnição dos Bombeiros após resolução da Anac

Confirmado: Os 14 homens lotados no aeroporto de Parnaíba serão transferidos para o 2º Batalhão para atender a zona urbana de Parnaíba.
Serviço de Prevenção, Salvamento e Combate a Incêndio em Aeródromos Civis (SESCINC) do Aeroporto Internacional Pref. Dr. João Silva, em Parnaíba
Resolução diz que apenas aeroportos com movimentação superior a 200 mil passageiros por ano devem manter guarnição no local. Aeroporto de Parnaíba recebeu 12 mil em 2017.

O Aeroporto Internacional Pref. Dr. João Silva Filho, em Parnaíba, litoral do Piauí, ficou sem a guarnição do Corpo de Bombeiros devido à nova resolução da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que só permitem a presença dessa estrutura em aeroportos que possuam movimentação superior a 200 mil passageiros por ano.

O 2º Batalhão do Corpo de Bombeiros ficará responsável pelo atendimento em casos de emergência, já que o aeroporto em 2017 só recebeu 12 mil passageiros, número menor que o exigido pela Anac.
Coronel Carlos Frederico, comandante do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Piauí.
O coronel Carlos Frederico, comandante do Corpo de Bombeiros, diz que essa decisão da ANAC não compromete o nível de segurança da população. "Estaremos aqui em Parnaíba, a unidade do Corpo de Bombeiros, já que o 2º Batalhão de Bombeiros não sai de Parnaíba e vai continuar fazendo o seu trabalho de prevenção e proteção ao aeroporto também, independente da decisão da Anac".


Atualmente, o local só recebe um voo semanal aos sábados, vindo de Campinas, interior do estado de São Paulo e o Corpo de Bombeiros afirma que irá garantir a segurança desses voos através de um plano de emergência que será apresentado pela Infraero - Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária.

Os 14 homens lotados no aeroporto de Parnaíba serão transferidos para o 2º Batalhão o que, segundo o comandante, vai melhorar o contingente e consequentemente o atendimento à população, já que o quartel é responsável por todos os municípios do Norte do Piauí.
Major Rivelino Moura, comandante do 2º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar, sediado em Parnaíba
Major Rivelino Moura, comandante do Corpo de Bombeiros na cidade, disse que a mudança em nada comprometerá a segurança do aeroporto. "Esse pessoal que estava lá no aeroporto vem pra atender a zona urbana e nós vamos continuar fazendo o mesmo papel da segurança aeroportuária quando formos solicitados".

A Infraero informou por meio de nota que a desativação não trará impacto nas operações do aeroporto e que um novo Plano de Emergência está sendo elaborado.

Confira a nota na íntegra
"A desativação do Serviço de Prevenção, Salvamento e Combate a Incêndio em Aeródromos Civis (SESCINC) do Aeroporto de Parnaíba está em curso, considerando as características operacionais do aeroporto, e em conformidade com os normativos da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Nesse sentido, a Infraero esclarece que está elaborando um novo Plano de Emergência para o Aeroporto de Parnaíba, que prevê que o Corpo de Bombeiros Militar do Piauí (CBM-PI), com seu efetivo urbano de Parnaíba, fará o atendimento ao aeroporto em casos de emergências aeronáuticas. A empresa destaca ainda que a desativação do SESCINC não trará impacto nas operações do aeroporto".

Fonte: G1 PI | Edição: Jornal da Parnaíba
Postar um comentário