quinta-feira, junho 07, 2018

Infraero comunica cancelamento de convênio com estado do Piauí para manter o Corpo de Bombeiros

A Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) comunicou ao Governo do Estado do Piauí que não renovará o contrato firmando para manter uma guarnição do Corpo de Bombeiro Militar no Aeroporto Internacional Pref. Dr. João Silva, em Parnaíba, no valor de R$ 200 mil ao ano.
Posto do Corpo de Bombeiros no Aeroporto Internacional Pref. Dr. João Silva, em Parnaíba
O convênio entre Estado e Infraero encerra no dia 23 de junho e não será renovado. A Infraero Comunicou a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil)  e ao superintendente do aeroporto de Parnaíba, Dr. Ezequiel Gomes dos Santos.

Caso venha a se confirmar a retirada do Sistema de Comando de Incidentes (SCI) do Corpo de Bombeiros do Aeroporto, uma das consequências será o cancelamento dos voos da Azul Linhas Aéreas por questões de segurança. A Gol Linhas Aéreas que tem um plano de voar a partir de outubro também deverá abortar seu planejamento.

O Corpo de Bombeiros mantém um posto no aeroporto com 14 homens a disposição nos dias de voos, atualmente somente a Azul, aos sábados. Antes da aterrisagem uma equipe faz uma ronda preventiva em toda a extensão da pista para observar algo que possa trazer algum perigo para aeronave e ficam a postos para qualquer eventualidade.

O aeroporto conta com 14 profissionais capacitados que atuam na Seção Contra Incêndio (SCI) de Parnaíba e dispõem de um veículo Iveco Magirus, Modelo Impact 4X4 para operar efetiva e exclusivamente nas atividades de segurança e combate a incêndio do Aeroporto de Parnaíba.

A solução para este impasse seria o Governo do Estado do Piauí isentar a cobrança e manter o Corpo de Bombeiros no aeroporto.

Por José Wilson | Jornal da Parnaíba
Postar um comentário