terça-feira, abril 17, 2018

Câmara homenageia profissionais que impediram afogamento de jovem na Pedra do Sal

Em sessão solene realizada na noite desta segunda-feira (16).
Em sessão solene realizada na noite desta segunda-feira (16), os policiais Dilson Funaro, Gilson Alves e Madson de Carvalho, além do pescador Jaime Damasceno e do vigilante Francisco José, foram agraciados na Câmara com a Medalha do Mérito Legislativo Municipal pelo ato de bravura ao adentrarem no mar da Praia da Pedra do Sal, em janeiro deste ano, para salvar banhistas. A preposição que concedeu as honrarias é de autoria do vereador Carlson Pessoa (PPS).

Entre as autoridades presentes que foram à Casa de Leis prestigiarem o evento, estavam o comandante do 2° Batalhão de Polícia Militar do Piauí (2°BPM), Tenente Coronel Antônio Pacífico, o presidente da Câmara Municipal, Geraldinho (PSB), além dos vereadores Diniz (PSDC), Daniel Jackson (PTC) e a vereadora Neta (DEM), familiares e amigos dos homenageados.

Em sua fala na Tribuna, Carlson destacou como um ato de grande heroísmo e coragem a atitude dos cinco cidadãos e profissionais homenageados. “Eles colocaram a própria vida em risco para salvar os jovens. É nosso dever reconhecer bons exemplos em nossa sociedade, bons exemplos estes que infelizmente andam escassos. São atos desta natureza que a sociedade precisa assimilar para servir de exemplo e inspirar os demais, pois o que é bom não pode ficar no anonimato. Parabéns”, reforçou Carlson.

Logo depois, o Tenente Coronel Pacífico também engrandeceu a bravura dos seus comandados ao afirmar que os policiais destacam-se como um bom exemplo aos demais. “Após o ocorrido vi as imagens e percebi o quanto o mar estava agitado e perigoso naquele dia. Me enchi de orgulho por ter policiais tão valorosos no 2° BPM, pois eles foram além e o resultado foi uma vida salva. Este ato será sempre lembrado”, enfatizou.

Em nome dos cinco homenageados, muito emocionado o sargento Gilson assegurou que para ele não há nada mais gratificante do que fazer o bem ao próximo. “Não há nada mais gratificante e emocionante do que ajudar quem precisa, do que salvar uma vida”, finalizou.

Por: Gleitowney Miranda/Fala Piauí | Edição: Jornal da Parnaíba
Postar um comentário