sábado, julho 08, 2017

Mototaxista morre em colisão na Av. N. S. de Fátima, em Parnaíba

Em Parnaíba mototáxi invade preferência; é colhido por carro e morre no local.
Foto: Antonio Pinto
Acidente com vítima fatal aconteceu na tarde deste sábado (08/07) por volta das 15h na Av. Nossa Senhora de Fátima cruzamento com Rua Tabajara no Bairro São Benedito em Parnaíba (PI). 

Conforme relatos de populares a vítima é mototaxista com ponto na rodoviária e foi identificado por Raimundo Cardoso dos Santos, de 29 anos, conhecido por “Raimundo” e também por "Lorim". Ele seguia com uma senhora de identidade não revelada que seria sua passageira.

A moto. uma Honda /CG 150 Fan, modelo 2013, de cor preta, placa OUC 5710 Parnaíba (PI) e um carro Chevrolet/ S 10, modelo 2014, placas PIB 9139 Parnaíba (PI), conduzido por Márcio Amorim Barros, 49 anos, que seguia pela Avenida de Fátima rumo a UESPI. Márcio disse que seguia tranquilamente sozinho quando o carro balançou com o forte impacto. Segundo relatos de populares no local a senhora voou do transporte e o piloto foi arremessado contra a calçada e seu capacete teria saído
Foto: Antonio Pinto
O mototaxista morreu ainda no local do acidente. O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) ainda foi ao local, mas não teve muito o que fazer a não ser a vítima com vida, mas com suspeita de fratura no braço esquerdo e encaminhar a mesma para o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde.

A Polícia Militar através do PPTran (Pelotão de Patrulhamento de Trânsito) isolou o local e aguardava a chegada da perícia criminal e o IML (Instituto Médico Legal) para remoção do corpo.

O motorista do carro permaneceu no local como manda a lei e também será ouvido pela autoridade policial. A qualquer momento novas informações. Segundo familiares, a vítima não tinha habilitação e era alvo de constantes queixas de que ele andava muito rápido. A moto foi retirada do local do acidente por familiares.
Foto: Antonio Pinto

Foto: Antonio Pinto

Foto: Antonio Pinto
Jornal da Parnaíba com informações de Denílson Freitas e Gleytownei Miranda/Blog do Pessoa
Postar um comentário