quinta-feira, novembro 10, 2022

HEDA realiza primeiro protocolo de trombólise em AVC

Lançado há exatamente quase dois meses, a instalação das Linhas de Cuidado AVC e IAM. E neste domingo (06), o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), na cidade de Parnaíba, realizou o primeiro procedimento de trombólise. 

O Médico-Cirurgião e Coordenador do Pronto-Socorro, Carlos Antônio,falou que o paciente deu entrada no Pronto Socorro do  HEDA às 20h07 para receber o atendimento com sintomas de AVC, e foi submetido às 20h45 ao tratamento dentro da janela terapêutica que foi totalmente eficaz, após a conclusão diagnóstico. “Conseguimos aplicar a medicação com 3h15 dentro da janela terapêutica que é de 4,5 horas após o início dos sintomas”, observa o médico. 

O tratamento foi realizado com sucesso e o paciente está se recuperando. Está sendo acompanhado pela equipe multidisciplinar do HEDA e sendo liderado pelo médico-cirúrgico e coordenador do Pronto-Socorro, Carlos Antônio, que esteve presente durante o procedimento juntamente com o enfermeiro Mateus Martins e profissionais de plantão.

O diretor geral do HEDA. Daniel Miranda comemora uma nova fase no tratamento do AVC na região litorânea. “Ficamos felizes em proporcionar esse resultado tão significativo na vida deste parnaibano e na certeza que muitas vidas serão preservadas. Agradecemos a nossa governadora Regina Souza e ao secretário de saúde, Neris Júnior que acreditaram no projeto e garantiram todas as condições para implantação das linhas não apenas em Parnaíba, mas em todo estado do Piauí. Estamos orgulhosos com o sucesso do procedimento e pelo HEDA ser a primeira unidade de saúde a realizar o protocolo de trombólise no estado do Piauí”, pontuou.

Todo procedimento foi conduzido através da teleassistência com a equipe da neurologia em Teresina que contou com a presença da direção, equipe assistencial e administrativa do HEDA 

Para o diretor, o HEDA  está pronto para oferecer o tratamento aos pacientes. “O nosso hospital conta com profissionais capacitados para receber os pacientes de toda Planície Litorânea, disponibilizando uma estrutura para assegurar uma assistência humanizada”, ressaltou Daniel Miranda.

Nenhum comentário:

---------------------------------
-------------------------------