terça-feira, novembro 16, 2021

Operação fiscaliza uso de tornozeleiras eletrônicas e prende infratores por descumprimento em Parnaíba, no litoral do Piauí

Pessoas monitoradas com auxílio do aparelho enquanto cumprem medida cautelar diversa da prisão são o alvo da ação. É considerado descumprimento a retirada da tornozeleira ou saída do perímetro autorizado, por exemplo.

Operação Monitorados investiga cumprimento do uso de tornozeleiras eletrônicas no Piauí — Foto: Divulgação/Sejus-PI

A Secretaria de Justiça do Piauí (Sejus-PI) realizou no fim de semana mais uma etapa da “Operação Monitorados” na cidade de Parnaíba, distante 337 km de Teresina, no litoral do Piauí. A ação tem como objetivo fiscalizar pessoas que cumprem medidas cautelares diversas da prisão, entre elas, o uso de tornozeleiras eletrônicas no estado do Piauí.

No dia 6 de novembro, uma etapa da operação foi realizada na cidade de Teresina. Na ocasião foi constatado um descumprimento em 20% das pessoas fiscalizadas. Alguns tipos de descumprimentos são a retirada irregular da tornozeleira ou saída do perímetro autorizado pela Justiça, por exemplo.

Operação investiga cumprimento do uso de tornozeleiras eletrônicas no Piauí — Foto: Divulgação/Sejus-PI

Em Parnaíba a ação contou com a participação da Força Estadual Integrada de Segurança Pública (Feisp), Polícia Militar e Polícia Civil. Equipes lideradas pela Polícia Penal também realizaram fiscalizações em Ilha Grande.

Mais de 80 policiais estiveram nas ruas das duas cidades litorâneas realizando o procedimento de fiscalização. Os alvos que não estiverem estavam cumprindo as decisões judiciais foram conduzidos à Penitenciária Mista Juiz Fontes Ibiapina, em Parnaíba.

Polícia Civil do Piauí — Foto: Divulgação/Sejus-PI

Segundo a secretaria, atualmente 450 pessoas em Teresina, Altos, União, Parnaíba, Luís Correia, Floriano, Oeiras e Picos usam tornozeleiras eletrônicas. A Sejus informou que não vai informar dados sobre a quantidade de pessoas fiscalizadas, pois isso pode afetar as demais etapas da fiscalização

Por g1 PI

Nenhum comentário:

---------------------------------
-------------------------------