sábado, março 13, 2021

Vereadora Fátima Carmino insiste em desrespeitar o regimento interno da Câmara

Vereadora petista Fátima Carmino tentar passar por cima do regimento interno e tumultuar as sessões da Câmara Municipal de Parnaíba
Em relação a matéria publicada no blog “Extra Parnaíba" neste sábado (13), que tem por título: “Fátima Carmino tem microfone cortado ao tentar defender os concursados da Saúde de Parnaíba”, o vereador e presidente da Câmara, Carlson Pessoa (DEM), informa o motivo pelo qual não foi concedida a palavra para a vereadora se pronunciar na sessão ordinária da última quinta-feira (11).

Inicialmente, é de grande relevância esclarecer que o poder legislativo é regido por um regimento interno. Regimento este que os parlamentares devem conhecer e seguir. Cabe também esclarecer que a conduta do presidente da Casa, bem como os roteiros das sessões ordinárias e o uso da Tribuna Livre também são pautados por esse conjunto de leis.
Presidente da Câmara, Carlson Pessoa, pontua que é preciso seguir as diretrizes que regem a Casa de Leis para o bom andamento das demandas em favor da população
Na sessão de quinta-feira, além de requerimentos e Projetos de Lei, o expediente concedeu espaço ao uso da Tribuna Livre pelo representante dos concursados da Secretaria Municipal de Saúde (Sesa), Igor Silva Veras. Veras fez uso da Tribuna Livre conforme o requerimento verbal requerido pela vereadora Fátima Carmino (PT) e aprovado por unanimidade pelos parlamentares.

No regimento interno da Câmara Municipal de Parnaíba está descrito claramente que o uso da Tribuna Livre será permitido para exposições de assuntos pelo tempo máximo de 10 (dez) minutos e que somente o convidado tem o direito de se pronunciar nas suas colocações. Sendo assim, a conduta da vereadora petista foi contrária às regras acima descritas. Diante do ocorrido, cabe informar ainda que este não foi um caso isolado, pois por reiteradas vezes a parlamentar tem ignorado o regimento Interno da Câmara Municipal de Parnaíba. Em relação aos questionamentos do representante dos concursados, Carlson assegurou que nesta semana encaminhará a demanda para a Prefeitura e buscará respostas para a categoria.
Carlson Pessoa informa que cabe ao presidente da Casa Legislativa cumprir o conjunto de leis internas para o bom andamento dos trabalhos, sempre conduzindo as sessões de maneira coerente e tratando os parlamentares de forma igualitária. As sessões ordinárias em formato Home Office têm sido a maneira mais segura de manter os munícipes informados dos trabalhos do Legislativo e seguir todas as orientações sanitárias de prevenção a Covid-19.

Ascom

Nenhum comentário:

---------------------------------
-------------------------------