sexta-feira, janeiro 01, 2021

Litoral do Piauí registra pontos de aglomeração em praias durante a virada do ano apesar de restrições

As multas variam de leves a gravíssimas e podem chegar ao valor máximo de R$ 1,5 milhão. Em casos de reincidência da infração, a multa será aplicada em dobro.

Fiscais da Diretoria de Vigilância Sanitária (Divisa) e a Polícia Militar notificaram nesta quinta-feira (31) estabelecimentos no Litoral do Piauí que estão descumprindo o decreto de calamidade pública do Governo do Estado, que se refere as medidas preventivas de enfrentamento à pandemia da Covid-19. Estão proibidas aglomerações e festas, além disso, os locais devem adotar o distanciamento social entre os clientes e as normas sanitárias.

De acordo com a Secretaria de Saúde do Piauí, os estabelecimentos que infringirem as normas sanitárias serão autuados e estarão sujeitos a multas, que podem variar de leves a gravíssimas e chegar ao valor máximo de R$ 1,5 milhão. Em casos de reincidência da infração, a multa será aplicada em dobro.

Em 2021, os protocolos e documentos publicados pelo Governo do Estado com as medidas preventivas para o enfrentamento da Covid-19 continuam em vigor e devem ser cumpridas em todo o Piauí.

A ação de fiscalização no litoral é realizada em parceria com o Centro Regional de Referência em Saúde do Trabalhador de Parnaíba (CEREST Regional) e a Polícia Militar do Piauí.

Recomendação técnica
No início do mês, a Diretoria de Unidade de Vigilância Sanitária Estadual (Divisa) divulgou uma nota técnica com recomendações que devem ser adotados nas festas de fim de ano com objetivo de conter o aumento dos casos de Covid-19 no Piauí.

O órgão proibiu a realização de festas em praças, parques, avenidas, pontes, orla marinha, praias, clubes, para que não haja aglomeração de pessoas e potencialização da transmissão do coronavírus. Os eventos realizados em ambientes abertos e semiabertos, o público máximo permitido será de cem pessoas.

Na realização das festividades, os organizadores devem fornecer insumos e produtos para frequente higienização das mãos dos trabalhadores e clientes, além de seguir o distanciamento recomendado de dois metros entre as pessoas e só permitir o acesso dos clientes/frequentadores se os mesmos estiverem fazendo uso da máscara.

Seguindo as orientações da Divisa, as prefeituras dos municípios de Cajueiro da Praia, Luís Correia e Parnaíba decidiram não realizar festas, com o objetivo de evitar a disseminação do novo coronavírus.


G1 PI l Edição: Jornal da Parnaíba

Nenhum comentário:

---------------------------------
-------------------------------