sexta-feira, setembro 04, 2020

PF deflagra Operação Manzuá II e cumpre mandados no litoral do Piauí

As investigações apuraram a participação de agentes públicos em órgãos de segurança com a finalidade de dificultar as investigações.

Polícia Federal deflagra operação em Parnaíba | Foto: Divulgação/Polícia Federal
A Polícia Federal deflagrou em Parnaíba, na manhã desta sexta-feira (4), a “Operação Manzuá II” para dar cumprimento a 5 mandados de busca e apreensão contra uma quadrilha especializada em tráfico de drogas no litoral do Piauí.

De acordo com a Polícia Federal, os mandados foram cumpridos por 30 policiais federais nas cidades de Parnaíba, Ilha Grande e Araioses-MA. Os mandados foram expedidos pelo Juiz Titular da 2ª Vara Criminal da Comarca de Parnaíba.

INFORME PUBLICITÁRIO
As investigações da operação apuraram o crime de cultivo ilícito de maconha na zona rural de Ilha Grande e distribuição da droga na região norte do estado, inclusive com o fornecimento dos entorpecentes em presídios do estado.

Também foi apurado a participação de agentes públicos lotados em órgãos estratégicos da segurança. Eles teriam acesso a informações privilegiadas a respeito das investigações policiais com a finalidade de dificultar a ação dos investigadores e possível punição aos membros da quadrilha.

Polícia Federal investiga grupo de traficantes que cultivava e fornecia droga para presídios no Litoral do Piauí
Os investigados serão indiciados pelos crimes de associação para o tráfico, associação criminosa, tráfico de drogas, divulgação de dados sigilosos e outros crimes que forem identificados no decorrer do cumprimento das buscas.

A operação foi denominada “Manzuá II” em referência à armadilha de captura de peixes utilizada por pescadores locais, fazendo alusão ao constante trabalho da polícia federal para prevenir e reprimir o tráfico de drogas.

Cinco mandados de busca e apreensão foram cumpridos em Parnaíba, Ilha Grande, no Piauí, e Araioses, no Maranhão. Segundo a investigação, houve cultivo ilícito de maconha na região.

Por: Jeyson Moraes e Brunno Suênio/GP1 | Edição: Jornal da Parnaíba

Nenhum comentário:

---------------------------------
-------------------------------