quarta-feira, julho 15, 2020

Hospital de Campanha de Parnaíba recebe 9 pacientes após princípio de incêndio no HEDA

Em ato solidário, Hospital de Campanha de Parnaíba (Hospital Nossa Senhora de Fátima) recebe 9 pacientes após princípio de incêndio no HEDA.
Após um princípio de incêndio na ala de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de tratamento Covid-19 no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA), em Parnaíba, na noite dessa terça-feira, 14 de julho, a direção do centro de saúde buscou a rápida ajuda do Hospital de Campanha de Parnaíba, que imediatamente autorizou a transferência de 9 pacientes para as suas dependências.

A Diretora Técnica do Hospital Nossa Senhora de Fátima, Dra. Daniela Machado Bezerra, informa que todos os pacientes recebidos do HEDA foram devidamente acolhidos em leitos de UTI e enfermarias, e estão sendo acompanhados pelos profissionais do Hospital de Campanha de Parnaíba, com todo o suporte médico-clínico necessário para a plena recuperação dos enfermos.

O Hospital de Campanha de Parnaíba foi reformado e estruturado pelo Prefeito Francisco de Assis Moraes Souza, Mão Santa, para atendimento a casos intermediários e graves de Covid-19, com 10 leitos de UTI, 20 de enfermarias, salas de estabilização, ambulatório e clínica médica.

Veja a nota na íntegra nota do HEDA
"A direção do Hospital Estadual Dirceu Arcoverde - HEDA informa que na noite desta terça-feira (14) ocorreu um curto-circuito no quadro de energia da Unidade Covid-19.
A direção esclarece que, rapidamente, o plano de contingência foi acionado não havendo nenhum incidente no setor. Sendo assim, já foi realizada a manutenção e troca da fiação elétrica e, enquanto isso, todos os pacientes foram remanejados e devidamente isolados para o Pronto Socorro do Hospital, Sala Vermelha, Anexo HEDA e Hospital N. Senhora de Fátima, sem danos, para a continuidade do tratamento.
A direção ainda informa que todos os demais setores seguem funcionando normalmente."
Da redação do Jornal da Parnaíba

Um comentário:

Unknown disse...

Até que aconteça uma tragédia maior por falta de manutenção. Obg secretário Estadual da saúde, Sr. Florentino pelo descaso com o HEDA!.

---------------------------------
-------------------------------