quinta-feira, junho 04, 2020

Curso de Engenharia de Pesca da UFDPar confecciona EPI's para profissionais da saúde

Com o objetivo de contribuir com o enfrentamento da pandemia de SARS-Covid-2 junto à comunidade médica e agentes de saúde da cidade de Parnaíba-PI, e amenizar a disseminação do novo coronavírus, docentes e discentes do curso de Engenharia de Pesca da UFDPar e representantes do grupo Amor Fraterno estão produzindo de forma artesanal equipamento de proteção individual (EPI), tipo escudos de proteção facial -Face Shields - com material de baixo custo.

O projeto vem sendo desenvolvido pelas docentes Carla Suzy Brito (coordenadora do projeto), Francisca Edna Cunha, Renata Dourado Pinho e Margarida Vasconcelos, além dos bolsistas Nicole Souza e Fabrício Silva.
Bolsistas do curso de Engenharia de Pesca foram treinados pela Profa Carla Brito para confecção dos escudos médicos e o grupo Amor Fraterno faz a doação de todo o material necessário, bem como o destino aos locais que receberão o material. Os escudos são confeccionados de forma artesanal com cartolina, elástico e transparência com o modelo fornecido pelo grupo Amor Fraterno.

De acordo com a Profa Carla Brito "serão confeccionados 50 escudos por semana, perfazendo-se 200 escudos mensais para distribuição gratuita, com este quantitativo podendo ser aumentado ou reduzindo de acordo com a demanda”, pontua.
Para a Profa Carla Fernanda, Psicóloga e representante do Grupo Amor Fraterno, “a distribuição do material está prevista para médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem da Maternidade do Hospital Marques Bastos, Hospital Estadual Dirceu Arco Verde (HEDA), Postos de Saúde de Parnaíba e Luís Correia, Agentes Comunitários de Saúde (ACS), além de profissionais dos sistemas bancários, agentes penitenciários entre outros”, explica.

Após a confecção, os escudos são colocados em sacos plásticos com três unidades, acondicionados de maneira apropriadas para uso e posteriormente são reservados até que o representante de cada unidade solicitada efetue a retirada em local pré-definido.
INFORME PUBLICITÁRIO
Ainda de acordo com a Profa Carla Brito, foram confeccionados até o momento, 144 escudos médicos destinados à Associação dos Agentes Comunitários de Saúde de Parnaíba (ACS) beneficiando diversos profissionais.

Todo os EPIs foram entregues à presidente da associação que ficou responsável pela distribuição. “A distribuição ocorrerá em decorrência dos bairros mais afetados pela Covid-19, onde os líderes de cada módulo deverão pegar na Prefeitura Municipal de Parnaíba a quantidade necessária afim de evitar aglomerações”, diz.

Para a Profa Renata Dourado “é de suma importância que o EPI seja utilizado por todos os profissionais da área de saúde, além de ser um veículo potencial para outras áreas que tenham contato com o público. O que nos motiva é saber, que com poucos recursos, com boas ideias, contribuímos de alguma forma para minimizar a propagação do vírus. A confecção do escudo envolve processos fáceis, com isso permite uma capacidade de replicação imensa o que pode ser compartilhada com outras Instituições”, enfatiza.

“É gratificante saber que estamos contribuindo com ações que se destinam à proteção de grupos envolvidos no combate a essa pandemia, isso nos torna mais humanos”, exprime a Profa Margarida Vasconcelos.

A Profa Edna Cunha diz que “a partir do momento que a gente toma uma iniciativa dessa nos traz a sensação de estar contribuindo com pessoas que estão sob riscos e precisam estar preparadas, no mínimo, com os EPI's necessários para o enfretamento da doença. Por outro lado, nesses momentos de fragilidade em que nos encontramos, esta participação também se torna confortante poder contribuir com uma missão tão nobre com uma pequena contribuição e disponibilidade de tempo", finaliza.

Edição: Jornal da Parnaíba

Nenhum comentário:

---------------------------------
-------------------------------