sexta-feira, novembro 22, 2019

Erros em radares provocam o cancelamento de 9.652 multas

9.652 multas registrada por radares entre Parnaíba, Luiz Correia e Picos foram canceladas pelo Dnit. A maioria dos erros foram registrados no radar da Av. Pinheiro Machado, em Parnaíba, próximo ao Elizeu Martins.
O superintendente regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Ribamar Bastos, declarou que as multas aplicadas nas cidades de Parnaíba, Luiz Correia e Piripiri serão canceladas porque o departamento identificou infrações suspeitas em cinco equipamentos instalados em junho deste ano, sendo que quatro equipamentos entre Parnaíba e Luiz Correia e Picos, que aplicaram 9.652 multas.

“Os próprios equipamentos identificaram o erro. Os registros foram feitos entre setembro e outubro”, informaram Ribamar Bastos.
O controlador de velocidade entre Luís Correia e Parnaíba foi o que mais apresentou problemas. Uma em cada quatro multas aplicadas pelo equipamento no trecho podem ser canceladas.

“O sistema do Dnit não permite que a multa seja anulada sem um recurso. Como nós identificamos o problema e recebemos essas reclamações, nós solicitamos ao Dnit sede que as multas sejam anuladas automaticamente”, informou Ribamar Bastos.
 PUBLICIDADE
CLIQUE NA FIGURA ACIMA E SAIBA MAIS DETALHES
As cobranças indevidas podem ser questionadas na sede do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) ou acessando o site www.dnit.gov.br para preencher o formulário de recurso contra a penalidade.

O motorista Valdilson Silva reclamou que no dia 30 maio deste anos, às 15h, passou com sua motocicleta, na avenida Pinheiro Machado, que corresponde à rodovia BR-343, nas proximidades do número 1045, em frente ao supermercado Elizeu Martins, próximo a seguinte coordenada:-2.913244,-41.7536563, e ao passar pelo radar que ali existe, o aparelho registrou na tela 86 quilômetros por hora quando sua motocicleta estava com uma velocidade de 50 quilômetros por hora, dentro do limite da via.

“Tentei registrar um Boletim de Ocorrência no site da Polícia Civil do Piauí, porém estava configurado para B.O com assuntos pré-configurados, e não existia nenhuma opção de assunto parecido com o ocorrido com o radar”, falou Valdison Silva, que foi um dos primeiros a denunciar os erros dos radares implantados em Parnaíba.

Fonte: Meio Norte | Edição: Jornal da Parnaíba

Nenhum comentário:

---------------------------------
-------------------------------