sexta-feira, maio 31, 2019

UCs do Delta do Parnaíba são tema de congresso

ICMBio e UFPI realizam o IV Congresso de Unidades de Conservação do Delta do Parnaíba de 12 a 14 de junho.
Visitar o Delta é uma experiência singular, pois o visitante conhecerá praias lindas e comunidades tradicionais. (Foto:Acervo/ICMBio)
O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e a Universidade Federal do Piauí (UFPI) realizam o IV Congresso Nacional de Unidade de Conservação do Delta do Parnaíba (Coruc) de 12 a 14 junho. O Coruc, realizado na cidade de Parnaíba, terá como temática neste ano “Áreas de Proteção Ambiental e as Possíveis Transformações do Espaço”.

A proposta é discutir as atividades turísticas das unidades de conservação, o desenvolvimento regional das comunidades locais e demais temais pertinentes. Os interessados poderão apresentar artigo científicos e pôster, além de participarem de minicursos, palestras e oficinas. No dia 12, o evento começará oferendo diversas oficinas e terminará à noite com uma conferência sobre o Comportamento dos Turistas Frente aos Desafios da Sustentabilidade, palestra de Glauber Eduardo de Oliveira Santos, da Universidade de São Paulo (USP).

No dia 13 os chefes dos Parques Nacionais do ICMBio (de Jericoacoara, dos Lençóis Maranhenses, de Ubajara, de Sete Cidades e da APA Delta do Parnaíba) e Patrícia Maria Martins da Napolis da Universidade Federal do Piauí vão debater sobre o Processo de Planejamento em Unidades de Conservação. Dia 14, também terá outra mesa redonda para debater os Benefícios Socioeconômicos Advindos do Uso Direto de Recursos em Unidades de Conservação, com chefes de reservas extrativistas do ICMBio e representantes do WWF – Brasil e do Sebrae.

Dia 14 também serão divulgados os trabalhos científicos definidos nos eixos como tecnologia de informação e comunicação em turismo, políticas públicas, planejamento em turismo, patrimônio, turismo e sustentabilidade, saúde e meio ambiente, biodiversidade em unidades de conservação entre outros.

Sobre o Delta do Parnaíba
No Delta do Parnaíba existem duas Unidades de Conservação Federais:
- A Reserva Extrativista Delta do Parnaíba, com uma área de quase 30 mil hectares, foi criada em 2000 e tem como principal área a ilha das Canárias, segunda maior do Delta, com cinco povoados (Canárias, Passarinho, Caiçara, Torto e Morro do Meio) e aproximadamente 3 mil habitantes, que vivem basicamente da pesca, da cata do caranguejo, extrativismo vegetal e da agricultura em pequena escala.

- A Área de Proteção Ambiental (APA) Delta do Parnaíba foi criada em agosto de 1996, possui uma área de extensão de 307.590,51 hectares, e inclui três estados do Nordeste, Piauí, Maranhão e Ceará, percorrendo todo litoral Piauiense. A APA abrange 10 municípios: Tutoia, Paulino Neves, Araioses e Água Doce no Maranhão, Ilha Grande, Parnaíba, Luís Correia e Cajueiro da Praia no Piauí, Chaval, Barroquinha no Ceará. O Delta oferece locais paradisíacos de observação e contato com a natureza.

Visitar as comunidades do Delta é uma experiência singular para conhecer e vivenciar modos de vida tradicionais e seus costumes. É possível conhecer comunidades de pescadores, artesãos, catadores de caranguejo, coletores de ostras e mariscos, que vivem tradicionalmente de forma integrada com a natureza.

Saiba mais sobre IV Congresso Nacional de Unidade de Conservação do Delta do Parnaíba (Coruc)

Da redação do Jornal da Parnaíba

Nenhum comentário:

---------------------------------
-------------------------------