terça-feira, janeiro 22, 2019

Parque Aquático em Luís Correia deve ser entregue em julho de 2019

O parque aquático terá como tema a proteção das tartarugas do Delta do Parnaíba. No espaço, terá piscinas, córregos, dentre outras atrações para a população.
Valdeci Cavalcante, presidente do SESC Piauí | Foto: Hélio Alelaf
O Parque Aquático Sesc Beira Mar, que vai ser construído em Luís Correia, município que fica no litoral piauiense, deverá ser entregue em julho de 2019. Na manhã desta terça-feira (22), foi assinado o contrato para o início das obras.
Maquete do Toboágua que está sendo implantado no Sesc Praia na praia do Barro Preto em Luiz Correia
Os equipamentos do espaço foram doados pelo Sesc do Estado do Espírito Santo, que realizaram a compra dos materiais e muitos deles ficaram sem utilidade, como explicou o presidente do Sesc Piauí, Valdeci Cavalcante. “O Estado do Espírito Santo, que é um Sesc rico, adquiriu uns equipamentos para montar um parque, mas a área deles ficou menor que os equipamentos contratados e esses materiais, avaliados em torno de R$ 1 milhão ficaram sem utilidade. Então, eles vieram para o Sesc do Piauí. O Piauí ganhou esse equipamento como se fosse na loteria e agora nós contratamos uma empresa para a montagem”, afirmou.
Valdine Diniz diretor-presidente da Topazio, empresa que vai construir a obra | Foto: Hélio Alelaf
O parque aquático terá como tema a proteção das tartarugas do Delta do Parnaíba. No espaço, terá piscinas, córregos e dentre outras atrações para a população. “A nossa torre principal é em torno de 35 metros de altura, que sustenta o toboágua, tem uma área de engenharia muito grande que está sendo feita lá e uma empresa do estado do Maranhão ganhou a licitação e vai fazer essa obra que está prevista para ser entregue até no início de julho e nós estamos otimistas com isso”, completou o presidente.
Estrutura atual do SESC Prais em Luis Correia
O diretor-presidente da Topazio, empresa que ganhou a licitação para a construção da obra, Valdine Diniz, explicou que a previsão é que o parque seja concluído em 150 dias, apesar do prazo ser de 240 dias. Ele ressaltou que a obra terá um aparato de segurança para que o trabalho seja realizado da melhor forma possível.
Estrutura atual do SESC Prais em Luis Correia
“A segurança vai ser a maior possível. Vai ser uma obra que a gente vai entregar uma média de 25 pessoas trabalhando com todos peritos, toda segurança, com técnicos de segurança, com engenheiros acompanhando, da melhor forma possível. Nós temos 240 dias dentro do edital para entregar, mas vamos entregar em 150 dias, até julho”, contou.
O Parque Aquático Sesc Beira Mar, além de movimentar a economia da região, irá ser um novo atrativo do litoral do Piauí. Para o diretor regional do Sesc, Francisco Campelo Filho, a ideia é que o espaço alavanque o turismo local, assim como aconteceu em Fortaleza depois da construção do Beach Park.
Estrutura atual do SESC Prais em Luis Correia
“O Piauí apresenta um belíssimo litoral, com rios que cortam o Estado, nós não dispomos de um parque aquático. Então, esse parque aquático que será construído na cidade de Luís Correia é um presente que o Sesc vai dar para a sociedade, para o Estado e vai, sem dúvidas, permitir que o turismo no litoral piauiense seja alavancado. O nosso presidente, Valdeci Cavalcante, tem ressaltado bastante que em Fortaleza o turismo alavancou depois que o Beach Park foi construído, porque é uma grande atração para a Capital do Ceará e, a partir dele, o turismo se desenvolveu de forma mais acelerada. Então, o que nós queremos é que, também aqui no Piauí, aconteça isso com esse parque aquático”, enfatizou. 
Estrutura atual do SESC Prais em Luis Correia

Por: Cinara Taumaturgo, Laura Moura e Ayrana Meireles | Edição: Jornal da Parnaíba

Nenhum comentário:

---------------------------------
-------------------------------