sexta-feira, abril 03, 2020

Foto aérea de Parnaíba datada de 28 de março de 1934

Com base nesta foto dá pra se contar várias histórias, mas hoje vou me prender ao Rio São José.
Foto postada pelo Jornalista Ribamar Aragão em sua página do Facebook em 03 de março de 2020 
Aquele rio sinuoso que se vê ao fundo da foto é o Rio São José, que está quase morto. Quando foi tirada esta foto ele ainda não tinha sua boca tapada lá no Igaraçu onde encontrava o Parnaíba e ainda era navegável. Por ser muito sinuoso quem saia dos Tucuns para chegar ao rio Parnaíba demorava demais, então decidiram por dinamitar e abrir a boca do rio Igaraçu na localidade chamada Cachoeira no encontro com o rio Parnaíba que devido as pedras só permitia navegação de grandes barcos durante o inverno, mas que era mais perto de cidade de Parnaíba e portando menos demorado para se chegar ao Rio Parnaíba.

O rio São José deu nome ao antigo bairro Tucuns que passou a ser denominado de Bairro São José. Outra curiosidade é que juntamente com o rio Igaraçu e Parnaíba, que dá pra ver lá ao fundo da foto no canto direito, formam a Ilha do Tabuleiro.

O São José ligava o Rio Igaraçu ao Rio Parnaíba. Iniciando no antigo bairro Tucuns no local chamado Porto da Mangueira (denominado assim pela quantidade de barcos que ali aportavam no passado carregado de manga) até o Rio Parnaíba no atual Bairro Igaraçu. O rio vai serpenteando passando pela Indústria de Curtume Adolfo Quirino (Atual Cobrasil), e segue pegando o final de todas as ruas do Bairro Nova Parnaíba, passa tangenciando a Lagoa do Bebedouro, pouco mais a frente passa pela ponte de madeira da Transtabuleiro e por fim chega o Rio Parnaíba na antiga Indústria de Cerâmica Cortez. Neste ponto, com a abertura do Rio Igaraçu para a navegação durante toda época do ano, optaram por tapar a boca do rio, o que contribuiu para que o rio hoje esteja quase morto.

Por José Wilson | Jornal da Parnaíba

Nenhum comentário: