terça-feira, maio 07, 2019

Opinião: Estrada do Céu-um verdadeiro inferno

O calçamento mais caro do mundo é uma estrada de lama e buraco que dá acesso ao povoado Céu na zona rural de Parnaíba.
Fotos feitas na semana passada
Atravessando a Ponte Simplício Dias você chega à Ilha de Santa Izabel, lugar onde a exuberante natureza formada por rios, igarapés, milhares de carnaubais, cajueiros, mangueiras e floresta nativa enche de alegria aqueles que ali moram e a quem visita a região.

Do alto da ponte, olhando o rio abaixo, você vê Fazendinha, Paraíso e Vazantinha. Rio acima você encontrará os povoados Alto do Batista, Céu e São José. Até o Alto do Batista você vai margeando o Rio Igaraçu por uma estrada de calçamento, feita há mais de 20 anos, sem conservação, esburacada, mas dá para andar. Do Alto do Batista ao Céu, a estrada é um verdadeiro inferno, são quase dois quilômetros de lama, água e buracos.
Fotos feitas na semana passada
O São José a que me refiro não é o Carpinteiro de Nazaré, marido de Maria, pai espiritual de Jesus. Não é. Falo aqui do Povoado São José, ponto turístico, com simples e bons restaurantes, cuja população esperava grande fluxo turístico com as promessas feitas para aquela região.

Foi prometida, por exemplo, uma pavimentação poliédrica em toda a extensão da estrada. Isso em setembro de 2018, quando foi colocada uma placa anunciando quem executaria a obra, com prazo de 180 dias para o término da mesma e o valor de R$ 4.116.285,30 (quatro milhões cento e dezesseis mil, duzentos e oitenta e cinco reais e trinta centavos).
Fotos feitas na semana passada
Da tão prometida obra foi pavimentada somente 150 metros de comprimento por 10 metros de largura, aproximado 1.500 metros quadrados, pelo valor anunciado na placa, têm o calçamento mais caro do Brasil ou talvez do mundo.

Em 2018, um ano eleitoral, o Governo do Estado assumiu a função que sempre foi das prefeituras, que é calçar praças, ruas e avenidas. E o governo autorizou diversas secretarias a fazerem calçamentos em cidades e povoados de quase todo o estado do Piauí. Grandes somas em dinheiro foram gastas, com pequenas obras construídas. Estas obras de calçamento merecem atenção especial do Ministério Público, do TCE, Polícia Federal, Caixa Econômica e de milhares de pessoas que fecham os olhos para a corrupção que tanto mal faz ao nosso país.
Fotos feitas na semana passada
Por Benedito Gomes/ Contador-UFPI | Blog do B Silva | Edição: Jornal da Parnaíba
Clique AQUI e saiba mais informações de Parnaíba e região

Nenhum comentário: