domingo, setembro 02, 2018

Três caçadores são presos por crime ambiental em reserva florestal no Piauí

Espingardas, munições, pólvora, instrumentos para atrair animais e restos mortais de um veado foram apreendidos com os suspeitos.
Veado-catingueiro abatido pelos caçadores presos em Caraúbas do Piauí. (Foto: Reprodução/TV Clube)
Três homens foram presos em flagrante, neste sábado (1º), quando caçavam dentro de uma reserva florestal em Caraúbas Piauí, a 250 km de Teresina. Eles estavam com três espingardas calibre 28, com mais de 20 munições, pólvora, chumbinho, facões, instrumentos artesanais para atrair os animais e os restos mortais de um veado da espécie catingueiro.

"É bom salientar que um dos três caçadores foi autuado anteriormente pela prática do mesmo crime", revelou o delegado Rodrigo Mello.

Segundo a médica veterinária Karine Marques, a captura do bicho é comum na região, porque os caçadores têm interesse na carne do animal.
Veado-catingueiro é uma espécie de cervídeo sul-americano de pequeno porte.
Clique no link a seguir e assista reportagem completa com Kairo Amarl: Caçadores são presos por crime ambiental em reserva florestal no Piauí.

“Infelizmente a caça é por conta do sabor. Deve se evitar, porque apesar do animal ter baixo risco de extinção no Piauí, se continuar essa caça de forma desenfreada pode acabar causando a falta do animal na natureza”, comentou.

Conforme o sargento da Polícia Militar João Batista Oliveira, a prisão aconteceu após uma denúncia anônima. Os caçadores foram autuados na Central de Flagrantes de Parnaíba por porte ilegal de arma de fogo e crime ambiental.

“A gente se deslocou para o local indicado e ficamos aguardando, quando apareceram os três elementos", informou.

Por PITV 2ª edição | Edição: Jornal da Parnaíba
Postar um comentário