quarta-feira, setembro 12, 2018

Operação Itaorna: MPE deflagra operação em secretarias do Estado do Piauí e apreende computadores e documentos

O Ministério Público do Estado do Piauí (MPE-PI) deflagrou operação Itaorna que visa coibir  a prática de fraudes em licitações. O alvo são as secretarias de Turismo e Desenvolvimento Rural, o Instituto de Desenvolvimento do Piauí (Idepi), Coordenadoria de Desenvolvimento Social e Lazer e Coordenadoria de Combate à Pobreza Rural. 

Foram apreendidos computadores, notebooks, pen drives, HDs externos, celulares e documentos relacionados a procedimentos licitatórios.
Ao todo estão sendo cumpridos oito mandados de busca e apreensão expedidos pelo juiz da 2ª Vara da Fazenda Pública de Teresina, em construtoras com sede em Timon-MA, mas que atuavam no Piauí. 

A operação foi deflagrada pelo MPE-PI, por meio da 44ª Promotoria de Justiça de Teresina, do Tribunal de Contas do Estado (TCE), com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado no Piauí (Gaeco) e Polícia Rodoviária Federal (PRF).
Às 10h haverá uma entrevista coletiva na sede do Gaeco. 

Significado de Itaorna: "Pedra podre" na língua indígena. Itaorna era uma antiga aldeia indígena guaranis com conhecimento sísmico era uma vila de pescadores, hoje abriga as usinas nucleares de angra dos Reis. Hoje Itaorna é uma praia no município de Angra dos Reis

Aguarde mais informações

Graciane Sousa/Cidade Verde | Jornal da Parnaíba
Postar um comentário