segunda-feira, julho 30, 2018

Piauiense de Barra Grande, Bia Silva, fica em terceiro lugar no Mundial de Kite na Itália

O kite do Piauí está de volta a um pódio internacional e dessa vez com uma mulher. Bia Silva conquistou, neste domingo (29), o terceiro lugar no Campeonato Mundial de TT:Race, em Gizzeria Lido, na Itália. 
Cerimônia de premiação na Itália. Beatriz Silva, a Bia, de apenas 14 anos conquista o terceiro lugar no mundial de TT: Race na Itália.
A atleta de apenas 14 anos ficou entre as melhores após uma série de 15 regatas, que começaram a ser disputadas na última quarta-feira (25).

Maria Beatriz dos Santos Silva, a Bia, foi revelada pelo Projeto Vivo, organização que assiste crianças e jovens de Barra Grande, litoral do Piauí, com atividades educativas e esportivas. 

A polonesa Oliwia Hlobuczek ficou com o título. A russa Anna Fedorova foi a vice-campeã.  
O nome dela é Bia Silva e ela agora é a terceira melhor do mundo em TT:Race. Parabéns pra turma do Projeto Vivo e todo mundo do Kite que apostou nessa garotada de Barra Grande.
Entre os garotos, Manoel Soares Neto, o Manoel "Piçarrinha", terminou o torneio na 16ª posição. Guigui Costa foi o 18º e Luís Fernando Silva Araújo o 20º colocado. Todos também são frutos do Projeto Vivo. 

Nova modalidade
O TT:R (TwinTip Race) consiste na disputa de regatas que exigem técnica e velocidade dos kitesurfistas, que contornam boias como no iatismo, mas também precisam saltar obstáculos na água. Diferente do Kitesurf freestyle, no qual notas são atribuídas para as manobras, o vencedor no TT:R é quem chega primeiro. E o campeão será o que tiver melhor resultado ao final de todas as regatas.

A modalidade foi aceita pelo Comitê Olímpico Internacional e inserida nos Jogos Olímpicos da Juventude de 2018, que acontecerão em Buenos Aires, na Argentina. Prata no Mundial Jovem de Kiteboarding em 2017, o piauiense Manoel Piçarrinha já garantiu vaga para representar o Brasil na competição. 

Por Fábio Lima/Cidade Verde | Edição: Jornal da Parnaíba
Postar um comentário