domingo, fevereiro 25, 2018

Gracinha ou Belê será vice na chapa de oposição encabeçada por Luciano Nunes


Oposição trabalha para que Belê Medeiros seja vice de Luciano Nunes; Para que isso ocorra será necessário tirar a parlamentar do Progressistas e filiá-la a um partido de oposição, mais provavelmente ao Solidariedade.
Deputada Belê Medeiros/Foto: José Maria Barros/GP1
A oposição trabalha para que a deputada estadual piauiense Belê Medeiros seja a vice do pré- candidato ao Governo do Piauí pelo PSDB, Luciano Nunes (PSDB). Mas, para que essa estratégia se torne realidade será necessária uma verdadeira engenharia que consiste em tirar a legisladora do Progressistas, que integra a base governista, e filiá-la a um partido de oposição, mais provavelmente o Solidariedade do prefeito de Parnaíba Mão Santa.

Leia também: Autorizada reforma de mais 21 escolas da rede municipal de ensino.

As conversas sobre o estratagema estão em pleno andamento e precisam ser bem amadurecidas para que tudo transcorra dentro do cronograma oposicionista. Algumas lideranças revelaram também que a palavra final será dada pelo chefe do executivo parnaibano que possui outras ‘cartas na manga’, entre elas, o nome da própria filha, Gracinha Moraes.
Gracinha Moraes Soza
O que se tem de mais concreto nesse momento, são os dois nomes que comporão as vagas de senador na chapa de Luciano Nunes: o ex-governador Wilson Nunes Martins (PSB) e o líder da oposição na Assembleia Legislativa do Estado, Robert Rios Magalhães (PDT).

Por Germana Chaves/GP1 | Edição: Jornal da Parnaíba
Postar um comentário