quinta-feira, outubro 26, 2017

Polícia Federal vai investigar assalto de R$ 360 mil em Parnaíba

Grupo com uniforme da Polícia Federal rouba mais de R$ 300 mil no Piauí; PM disse que grupo entrou na casa pedindo documentos, celulares para uma suposta perícia e só depois a localização do cofre com o dinheiro.
Polícia Federal de Parnaíba vai apurar se uniformes são da corporação (Foto: Carlos Alberto/TV Clube)
Um grupo formado por pelo menos três homens roubou mais de R$ 300 mil de uma família que é proprietária de um supermercado em Parnaíba, litoral do Piauí. O que chamou atenção da polícia e garantiu o acesso dos bandidos à casa das vítimas foi que os bandidos usavam uniformes como se fossem da Polícia Federal. Por conta disso, a PF vai participar das investigações com a Polícia Civil.

"Eles usavam a farda da PF quando chegaram no local. A casa fica em cima do supermercado, então eles pediram para entrar dizendo que estavam fazendo buscas de documentos e a família permitiu, porque eles estavam fardados, se identificaram como se fossem mesmo agentes", informou um policial militar de Parnaíba.

Veja reportagem de Kairo Amaral da TV Meio Norte.

Segundo ele, o grupo inicialmente pediu documentos, depois informou que apreenderia celulares para a perícia e, por fim, pediu a localização do cofre da casa. Foi nesse momento que a família percebeu que os homens eram bandidos.

"Eles então pegaram o cofre, colocaram em um carro e deixaram o local. Com certeza foram informados por alguém sobre esse dinheiro e não devem ser do Piauí, porque não tiveram medo de mostrar o rosto, foram ousados", comentou o PM.

A Polícia Federal informou ao G1 que vai apurar o caso para descobrir se os uniformes usados no crime são de fato da corporação. Caso seja confirmado, a PF irá colaborar na elucidação do crime. Ainda não há pistas dos suspeitos.

Por Maria Romero, G1 PI | Edição: Jornal da Parnaíba
Postar um comentário