terça-feira, outubro 31, 2017

Estudantes da FARB-UNIRB realizam campanha Outubro Rosa com reeducandas da Penitenciária de Parnaíba

Alunos do Curso de Educação Física e Psicologia encerram na manhã deste dia 31 o mês do Outubro Rosa com as Reeducandas.
Cientes da importância da orientação como instrumento eficaz na prevenção à doença, os alunos de graduação do curso de Educação Física e Psicologia da  FARB-UNIRB(Faculdade Regional Brasileira-Parnaíba)  juntamente com a Direção do Sistema Penitenciário de Parnaíba dedicarão os últimos dias do mês de outubro à mobilização das consciências das reeducandas da Penitenciária Mista , engajando-as na campanha nacional Outubro Rosa.

A unidade  promoveu juntamente com 20 Reeducandas entre os dias 27 e 31 uma série de ações de prevenção ao câncer de mama, com orientações educativas por meio de palestras e cartazes, além de dinâmicas.
É gratificante os esforços sobre este assunto e  fundamental especialmente no que diz respeito ao resgate da autoestima de mulheres  Privativas de sua liberdade.

Atividades:
Durante os dias 27 e 31 do mês de outubro, os alunos estiveram plenamente mobilizados para garantir que todas as reeducandas recebecem todo o acervo de informação sobre os métodos de prevenção do câncer de mama e de colo de útero. Foi realizado um concurso de cartazes com a temática Outubro Rosa e premiação para os melhores conteúdos.
Os alunos do Curso de Ed. Física contribuiram com dinâmicas e alongamentos e relataram a importância de exercício físico para qualquer tratamento de doença e um debate com importantes dicas e orientações como forma de auxiliar e orientar.
  
“Oferecemos o principal, que é informação, mas tudo com muito carinho, com muito comprometimento de toda a equipe. O objetivo é sensibilizar as reeducandas,  afinal a doença atinge a todos indistintamente”, afirmou Evaldo Lima um dos Alunos do  4 Período do Curso de Psicologia . Segundo ele, embora exista um foco maior em outubro, várias atividades são realizadas durante o ano para prevenção de doenças.










Da redação do Jornal da Parnaíba
Postar um comentário