terça-feira, setembro 12, 2017

Greve dos agentes penitenciários deixa Central de Flagrantes com superlotação

Com a greve dos Agentes Penitenciários lotados em Parnaíba na Penitenciária Mista Juiz Fontes Ibiapina, em Parnaíba, deixa a Central de Flagrantes com superlotação.
 Central de Flagrantes de Parnaíba
Central de Flagrantes de Parnaíba
Agentes penitenciários entram em greve por tempo indeterminado. Visitas, transferências e recebimento de presos estão paralisados. Agentes denunciam sobrecarga de trabalho e cobram reformas.

Com capacidade para apenas 15 detentos, a carceragem da central de flagrantes em Parnaíba amanheceu nesta terça-feira (12) com 48 presos provisórios da justiça. Mais de três vezes a sua capacidade. 03 são do sexo feminino.

De acordo com o policial Robinson Castilho, encarregado na transferência de presos da central para o sistema prisional do estado, “os presos vão se acumulando no xadrez da central devido a greve dos agentes penitenciários, que estes se recusam a recebê-los", informou Castilho. 
 Reforma da nova Central de Flagrantes de Parnaíba
Reforma do prédio onde deverá funcional a nova Central de Flagrantes de Parnaíba (Foto: Darklise Albuquerque/Jornal da Parnaíba)
Por outro lado, a antiga Delegacia da Mulher na Avenida Álvaro Mendes no Bairro Nova Parnaíba que está em reforma desde o final do governo anterior e que deveria abrigar a nova Central de Flagrantes de Parnaíba nunca foi inaugurada. O que era pra durar somente 120 dias se arrasta por uma gestão inteira.

Por José Wilson / Jornal da Parnaíba
Postar um comentário