domingo, janeiro 29, 2017

Agentes de endemias intensificam o combate ao mosquito Aedes Aegypti em Parnaíba

Agentes de endemias vistoriam residências e distribuem materiais informativos sobre o mosquito Aedes Aegypti.  É a segunda fase do projeto de combate ao mosquito.

Nas primeiras horas da manhã de sexta-feira última, (27) começou a segunda fase do projeto de combate ao mosquito Aedes Aegypti e demais pernilongos, no bairro Bebedouro, iniciada na tarde de ontem com a ação do “homem fumacê”, onde uma criança foi detectada com febre amarela. Nesta segunda etapa duas equipes dividiram-se entre a panfletagem nas ruas e no Mercado da Guarita e a entrada nas residências, onde os agentes de endemias fizeram vistorias, aplicação de remédio e orientaram as donas de casa sobre os cuidados que devem ser adotados para evitar a proliferação do mosquito.

Em uma creche os agentes encontraram um pequeno orifício aberto na lateral de uma das caixas d’água e prontamente o supervisor de campo, Jean Carlos, orientou a cuidadora do imóvel a providenciar um lacre na abertura. “Por essa pequena abertura o mosquito pode entrar e depositar suas larvas. Fizemos as devidas orientações porque a população também precisa colaborar e estar sempre atenta”, frisou o Supervisor.

Foram inspecionados quintais, jardins, geladeiras e até caixas de esgoto, visto que conforme a explicação do secretário de Saúde Valdir Aragão, o mosquito se adaptou e agora possui a capacidade de reprodução não somente em água limpa, mas também, suja. A empregada doméstica Fátima de Souza está atenta e disse que semanalmente escova a caixa de esgoto da residência onde ela trabalha. “Nunca deixo água acumulada, tomo muito cuidado com a casa e escovo a caixa de esgoto para não dar oportunidade pra essa doença”, enfatizou. 

No Mercado, além de distribuir materiais impressos da campanha, os profissionais também orientaram e chamaram a atenção dos feirantes e clientes sobre a responsabilidade de cada cidadão.

Matérias relacionadas:



Da redação do Jornal da Parnaíba
Postar um comentário