segunda-feira, dezembro 03, 2018

Prefeito Mão Santa retorna de Brasília e avalia positivamente contatos mantidos

O Prefeito de Parnaíba, Mão Santa, voltou a despachar normalmente na manhã de hoje, em seu gabinete na Federação das Indústrias. Ele esteve em Brasília na semana passada, acompanhado da esposa, Adalgisa Moraes Souza, mantendo contatos políticos com representantes da bancada federal do Piauí e de outros Estados da Federação, e também com ministros de Estado do Governo Temer. O prefeito aproveitou ainda para manter contatos iniciais com membros do futuro governo, “porque temos a esperança de que, pela simpatia que tem por nós o futuro presidente da República, possamos ser beneficiados com ações que fortaleçam nossa administração”, disse o prefeito.

“Fomos ao senador Elmano Ferrer, que está muito afinado com o futuro governo e deve manter as indicações dos cargos federais que já possui. Estivemos com o deputado Heráclito Fortes, que é um homem de muitos relacionamentos. Ele nos levou ao ministro Pádua Andrade, da Integração Nacional, para assegurar, ainda no atual governo, os recursos de R$ 54 milhões para a conclusão dos Tabuleiros Litorâneos e os 19 milhões para a construção de uma nova ponte para a Pedra do Sal, que nos foi prometida pelo Presidente Temer”, frisou o prefeito.
Mão Santa disse que também esteve no Ministério do Meio Ambiente, em busca de reaver recursos que foram prometidos para o Município pelo ex-ministro Sarney Filho, para beneficiar a Lagoa do Bebedouro. “Lá está o Valdemar Rodrigues vendo a possibilidade de reaver isso. O deputado Heráclito e o ministro Pádua Andrade também estão atentos para que não percamos recursos”, pontuou o prefeito.
Indicações
A despeito da informação publicada na imprensa estadual dando conta de que ele estaria interessado em indicar o futuro presidente da Funasa (Fundação Nacional de Saúde), Mão Santa negou e disse que nunca pensou nisso. “Hoje nós temos um grande parceiro, após o esvaziamento da Sudene, que é o Banco do Nordeste. Hoje temos um crédito de R$ 360 milhões para investimentos através do Crediamigo e 60 milhões para o Agroamigo. Se nos fosse dada a oportunidade de indicar alguém, indicaríamos alguém para uma das diretorias do Banco do Nordeste, que nos fortaleceria muito mais”, disse o prefeito, citando ainda que, se dependesse dele, sua indicação seria também para a Codevasf, cuja escolha pessoal dele seria pelo nome do deputado Heráclito Fortes.
O prefeito destacou ainda suas esperanças no novo ministro da saúde, o deputado do DEM do Mato Grosso, Luiz Henrique Mandetta. “Eu o conheço. Estamos tentando incluir Parnaíba no novo programa de médicos. Todo mundo sabe que há má vontade da secretaria de saúde do Estado com o município. Mas há a simpatia do novo ministro, que entendeu as dificuldades que estamos atravessando”, salientou.
Mão Santa lembrou também que o novo vice-presidente, Hamilton Mourão, possui raízes no Piauí. “O juiz federal Caíto Brandão, nosso amigo, é próximo dele. Vamos tentar marcar também uma audiência com ele, a fim de nos aproximarmos mais do futuro governo federal. Avançamos muito em nossos contatos e estamos muito esperançosos”, avaliou.
Para o final do ano o prefeito anunciou a inauguração de várias obras. “Nessa fase final o governo tem que se preocupar com alguns índices, em respeito à Lei de Responsabilidade. Mas pelo volume de obras que temos a inaugurar, podemos dizer que em 2 anos do nosso governo Parnaíba avançou 20 anos. E, no final de 2020, queremos superar o presidente Juscelino que disse que em seu governo o país cresceria 50 anos em 5. Nós vamos crescer 50 anos em 4”, finalizou.

Edição: Klise Albuquerque/Jornal da Parnaíba
Postar um comentário