quinta-feira, novembro 08, 2018

Polícia prende quadrilha de traficantes de drogas em Luís Correia

Dois dos traficantes são acusados de cometerem vários homicídios em Parnaíba e Luís Correia por disputa de venda de entorpecentes.
Revolver e Munição e mais de R$ 25 mil reais
Policia Civil deflagra operação e prende 05 pessoas por tráfico de drogas e associação para o tráfico no litoral do Piaui. Operação foi realizada pela Delegacia de Combate ao Tráfico de Drogas e Latrocínio de Parnaíba - DHTL, com o apoio de policiais da delegacia de Luís Correia e Delegacia de Combate aos Crimes Contra o Patrimônio 

Os dois maiores traficantes de Luís Correia, identificados como Edilson José Siqueira da Silva, de 30 anos e Ernésio Rodrigues Araújo, vulgo “Bate Asa”, de 33 anos, e mais três comparsas foram presos no fim da tarde dessa quarta-feira (07), por venda de drogas, associação para o tráfico, posse de arma de fogo e munições e maus tratos contra animais.
Segundo informações do delegado Eduardo Aquino, da Polícia Civil de Parnaíba, durante a operação os policiais realizaram busca em uma residência no bairro Alto Bonito. “Essa casa já era um alvo nosso, em vista da grande movimentação de pessoas, na compra de entorpecentes. Ontem, diante de tanta movimentação, nós resolvemos entrar”, afirmou o delegado.

Edilson e Ernésio são sócios no tráfico de drogas e possuem passagens por vários homicídios cometidos em Parnaíba e Luís Correia por disputa de venda de entorpecentes. Além disso, os demais comparsas foram identificados como Denis da Silva Araújo, de 46 anos; José Luís Pereira dos Santos, de 35 anos e Rony Célio Freitas Veras, de 30 anos.

Com os criminosos foram apreendidos durante a operação, fragmentos de substância análoga à maconha; mais de 25 mil reais em dinheiro que estavam escondidos em pequenos montes em vários locais da residência; um revólver calibre 38 com sete munições, além de vários galos utilizados para rinha. Os acusados se encontram presos na Central de Flagrantes de Parnaíba. Nessa sexta-feira (09) irão passar por uma audiência de custódia e posteriormente serão transferidos para a Penitenciaria Mista Juiz Fontes Ibiapina, em Parnaíba.

Jornal da Parnaíba
Postar um comentário