terça-feira, outubro 09, 2018

Thomson Reuters fornecerá solução para gestão fiscal e de comércio exterior da ZPE Parnaíba

Fiscal, Tributário, Jurídico e de Comércio Exterior, é a nova fornecedora do sistema informatizado para controle aduaneiro da ZPE Parnaíba, no Piauí.
As ZPEs (Zonas de Processamento de Exportação) são distritos industriais que proporcionam incentivos fiscais, cambiais e administrativos para empresas ali localizadas e que destinem ao menos 80% de sua produção para o mercado externo. O objetivo é atrair investimentos, ampliar a produtividade, criar empregos e trazer novas tecnologias para a região.

O sistema de gestão de Zonas de Processamento de Exportação faz o gerenciamento e controle das atividades da ZPE, integrando a empresa administradora do sitio industrial. A solução faz o controle do acesso de pessoas e veículos, movimentação de cargas e armazenagem de mercadorias, proporcionando a Receita Federal do Brasil (RFB) um mecanismo de auditoria remota via internet.

Menotti Franceschini
O contrato foi assinado após a Thomson Reuters vencer uma licitação pública para o fornecimento da solução que atenda às necessidades das empresas que participam da ZPE Parnaíba. O acordo prevê customização, implantação, manutenção e atualização do sistema, assim como consultoria de operação assistida e treinamento para os profissionais que vão lidar com o programa.

“Este é mais um importante projeto para a Thomson Reuters e vai ao encontro ao nosso objetivo em prover soluções que proporcionem maior competitividade a nossos clientes, com inteligência e precisão na gestão fiscal, tributária e de comércio exterior. Além de ajudar a fomentar importantes iniciativas para potencializar a presença global de nossa indústria nacional”, comenta Menotti Franceschini, Head de Corporate Value Proposition da Thomson Reuters Brasil.

A iniciativa ganha ainda mais relevância, pois o Piauí é o estado do Nordeste que registrou a maior alta de exportações no ano. De acordo com o MDIC (Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços), entre janeiro e agosto de 2018, as vendas ao exterior cresceram 65% em relação ao mesmo período de 2017, atingindo um volume total de US$ 468,82 milhões. Os produtos mais exportados no estado são a Soja, Cera da Carnaúba e Mel.

O sistema impactará as indústrias que serão instaladas na ZPE Parnaíba, principalmente dos segmentos de beneficiamento de grãos (soja, principalmente), de frutas tropicais, de carnaúba e babaçu, de pedras preciosas, de couros e peles, de mel, farmoquímicos, biocombustíveis e biotecnologia. “Essa iniciativa tem tudo para ser um sucesso. Com a solução da Thomson Reuters, a ZPE Parnaíba vai potencializar seus resultados e servir de modelo para que as demais ZPEs sigam o mesmo caminho”, afirma Helson Braga, presidente da Abrazpe (Associação Brasileira de Zonas de Processamento de Exportação).

Jornal da Parnaíba com informações da Thomson Reuters
Postar um comentário