domingo, outubro 21, 2018

Instituto Tartarugas do Delta participa da Oficina de avaliação das tartarugas marinhas - SALVE

O Instituto Tartarugas do Delta participou na cidade de vitória, ES, nos dias 16 a 18 de outubro da Oficina para Avaliação do Estado de Conservação das espécies de tartarugas marinhas que tem registro no Brasil. Uma missão do Instituto Chico Mendes, coordenada pelo Centro TAMAR. O resultado será base para a próxima revisão do Ministério do Meio Ambiente da Lista Nacional Oficial das Espécies da Fauna Ameaçadas de extinção. Este processo é realizado a cada 5 anos.

“Foi muito interessante participar da oficina e compreender os processo de avaliação e os debates durante a análise dos dados. Isso nos faz entender a importância do trabalho coletivo de cada instituição envolvida nessa rede de conservação”, afirmou Werlanne Magalhães, coordenadora do Projeto Rotas da Conservação.

Participaram do evento representantes do ICMBIO de várias regiões do país, Tamar, Fundação Pró-Tamar, universidades federais do Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Paraná, Rio de Janeiro e do Piauí o Instituto Tartarugas do Delta.

A avaliação do estado de conservação das espécies foi realizada utilizando a metodologia criada pela União Internacional para Conservação da Natureza, onde cada  espécie é classificada em categorias de acordo com sua situação na natureza e o risco de extinção em um futuro próximo.

Como resultado foi avaliado a melhora no status de quatro das cinco espécies de tartarugas marinhas que ocorrem no Brasil, representando com isso, a importância dos programas de conservação para a espécie.

Por Carol Porto | Jornal da Parnaíba
Postar um comentário