quinta-feira, setembro 20, 2018

Dr. Pessoa questiona na justiça pesquisa do Ibope: Questionário traz nome de Lula

Coligação de Dr. Pessoa tenta na Justiça impedir divulgação da pesquisa Ibope.
A Coligação "Mudar para cuidar da nossa gente", encabeçada pelo candidato ao governo do Piauí Dr. Pessoa (SD), ingressou com representação eleitoral com pedido de impugnação e suspensão de divulgação da pesquisa Ibope. O levantamento, encomendado pela TV Clube, tem previsão de divulgação para esta quinta-feira (20/09), durante o Piauí TV 2ª Edição.

Registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o número PI- 08528/ 2018, a pesquisa foi realizada em municípios piauienses com início no último dia 14.

Na representação, a coligação sustenta que a pesquisa "chama a atenção, dada a tendenciosidade e imparcialidade", alegando suposta desobediência às regras previstas na Resolução TSE nº 23.549/2017, "omitindo informações relevantes que afasta a confiabilidade do resultado, dado a possibilidade de sua manipulação para favorecer" alguns candidatos, em especial o atual governador.

Uma das primeiras justificativas é que a pesquisa, registrada como quantitativa, considera variáveis qualitativas, e traz perguntas ao eleitor sobre a posse ou não de título, sobre local de votação e comparecimento no pleito passado. A definição do espaço amostral e sorteio probabilístico dos municípios é também questionada.

A coligação questiona ainda uma das perguntas do formulário sobre a corrida ao Palácio do Planalto, que traz ainda o nome de Luiz Inácio Lula da Silva, que ao tempo do registro já tinha sua candidatura impugnada pela Justiça Eleitoral, "não tendo portanto nenhuma possibilidade de ser considerado candidato".


Além do pedido de impugnação da pesquisa, a presentação pede ainda que o patrocinador da pesquisa seja investigado pelo Ministério Público Eleitoral.
Postar um comentário