sábado, setembro 01, 2018

Com salários atrasados, terceirizados do Governo ameaçam entrar em greve

Em vários órgãos públicos do Piauí, há trabalhadores com salários atrasados; ultimo pagamento foi do mês de maio e ainda tem a questão das férias atrasadas, do INSS/FGTS não recolhidos.

Terceirizados do Piauí ameaçaram entrar em greve após falta de pagamentos. Os salários dos trabalhadores estão atrasados desde o mês de julho em vários órgão públicos do estado.

Será realizada uma assembleia para deliberar a greve. Os trabalhadores ressaltam que o movimento busca não somente o pagamento dos salários, mas que ele seja feito em dias. E também que sejam repassados outros direitos como INSS/FGTS, férias etc.

O secretário estadual de administração, Ricardo Pontes, ressaltou que o repasse do governo às empresas está ocorrendo – algumas vezes com atraso, mas garante que a folha de pagamento é prioridade.

“Muitos trabalhadores estão com salário atrasado. Hoje fizemos uma assembleia para deliberar pela greve. Não é só pagar o salário atrasado, mas também fazer o pagamento em dias. E também tem a questão das férias, do INSS/FGTS. Tem trabalhador com férias atrasadas”, disse o representante da categoria, Luciano Rodrigues.

Para diminuir os atrasos, alguns órgãos estão fazendo os pagamentos do mês de junho e outras iniciando os pagamentos de julho. A prioridade do Governo do Estado é efetuar o pagamento dos servidores, que inclui os terceirizados.
Postar um comentário