quarta-feira, agosto 15, 2018

Parnaíba vai às urnas com 5 mil analfabetos, 11 mil eleitores funcionais e somente 8 mil e 963 de nível superior

Os números estatísticos no site do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) revelam a realidade do eleitorado parnaibano, composto de 102.064 votantes, para o próximo pleito no dia 7 de outubro de 2018.

Em relação ao grau de instrução dos eleitores parnaibanos, o TRE-PI mostra que o município tem 5.279 pessoas analfabetas aptas ao uso das urnas, perfazendo pouco mais de 5% do eleitorado total. Dentro do que se entende como eleitor funcional (pessoa que apenas lê e escreve de forma mecânica, sem entender muito daquilo que faz), a quantidade chega a 11.466, mais de 10% de todos os votantes. Somando-se eleitores analfabetos e funcionais, o número vai para mais de 16.500 votantes.


E no extremo oposto do nível de escolaridade do eleitorado parnaibano estão os votantes de ensino superior completo, que totalizam 8.963 pessoas, menos de 10% do total. Mas quem decide a eleição em Parnaíba não são os menos escolarizados e nem os diplomados, mas, sim, os de ensino fundamental incompleto, com 21.608 votantes, e, principalmente os de ensino médio completo, com 25.935 votantes. Essas duas faixas de nível de escolaridade somam juntas mais 47 mil votos, praticamente a metade de todos os eleitores aptos ao processo eleitoral.

E quando o assunto é faixa etária dos eleitores, a população entre 45 a 59 anos é dominante entre todos os que votarão em outubro. Com praticamente o mesmo peso eleitoral, os de 25 a 34 anos, que representam 23.401 votantes. Os mais jovens, de 16 anos, são apenas 454 votos. Entre os mais idosos (acima de 70 anos) estão habilitados ao voto mais de 6 mil pessoas.

Esses números ajudarão os candidatos nas suas estratégias de campanha, pois as assessorias vão usar o embasamento estatístico do TRE-PI para definir ações mais efetivas para cada público do eleitorado.

Fonte: Ribamar Aragão/Peagabê
Postar um comentário