quinta-feira, agosto 16, 2018

Disputa acirrada para o senado!

Os números da pesquisa eleitoral revelado ontem pelo instituto Opinar/TV Cidade Verde – apontam que a disputa pela duas vagas no senado federal segue embolada até o presente momento. A maioria das candidaturas apresentadas este ano são de máxima competitividade, tanto pela chapa governista encabeçada pelo governador Wellington Dias (PT), como nas chapas de oposição, em especial a do tucano Luciano Nunes (PSDB), e Dr: Pessoa (SD).

Segundo a terceira rodada de pesquisas realizada pelo instituto Opniar (entre os dias 10 a 13 de agosto), o ex-governador Wilson Martins (PSB), mantém o favoritismo e liderança com 22,1% das intenções de votos, seguido pelo cantor Frank Aguiar (PRB) com 16%, Ciro Nogueira (Progressistas) 13,4%, Robert Rios (DEM) 9,5% e Marcelo Castro (MDB).

Esses serão os que de fato irão disputar essas duas vagas, devido ao volume de campanha, força de suas chapas e a capilaridade eleitoral de seus candidatos á governador, que ajuda nessa puxada de votos para os demais companheiros de chapa.

Os números revelam que Wilson segue como franco favorito, a pergunta que fica é se ele terá fôlego para manter essa dianteira até o final da campanha; todo lembram e 2014 – quando Wilson começou a disputa com mais que o dobro das intenções de votos de seu adversário, mas na reta final perdeu o controle da eleição e acabou derrotado e sendo o primeiro político que deixou o cargo de governador e não conseguiu se eleger senador.

Frank Aguiar virou candidato de última hora, esses últimos resultados, aparecem mais pela fama que ele adquiriu como cantor, do que propriamente por carreira política, até porque ele nunca foi candidato a nada no Piauí. Há quem diga que ele não dura até metade de setembro, devido aos ataques por parte de seus adversário, contam que não é só sua cabeça que é cabeluda, mas outras histórias de sua vida também tem um punhado de cabelo. Aguardemos!

De todos, talvez que tenha uma situação bem mais confortável seja o Ciro Nogueira. Ele vai para uma reeleição ao lado de um governador que pontua bem nas pesquisa, que pode transferir esse votos para Ciro. Além do mais os Progressistas (Partido), é hoje o partido com maior número de prefeitos em todo estado, montando assim uma base de apoio invejável no interior do estado.

Além dos mais um fator que pesava contra a reeleição de Ciro, era o fato de que o STF – apurava contra ele um denúncia dentro da operação Lava Jato. Mas no começo deste semana o mesmo supremo arquivou a denúncia contra o Ciro Nogueira. Tirando assim a principal arma que seus adversários iriam utilizar contra ele nesta eleição. Neste cenário Ciro segue fortíssimo rumo a reeleição!

Fechando o quadro dos principais candidatos, aparecem: Robert Rios e Marcelo Castro. Marcelo conta com um experiência política muito grande, com vários mandatos na Câmara Federal – foi o último a se definir como candidato a senador, em um engenharia política de Wellington Dias, talvez por isso ainda não decolou nas pesquisas. Ele a seu favor uma simpatia de boa parte da militância Petista.

Já Robert é o que vem com o discurso mais forte de oposição, no entanto ele precisa convencer com suas palavras e vencer os ‘tubarões' que estão nesta disputa eleitoral.

As pesquisas até aqui mostram um cenário embolado, a campanha começa oficialmente hoje, muita coisa pode mudar daqui para outubro. A disputa será acirrada.

Por: Hudson Veras
Postar um comentário