quinta-feira, julho 05, 2018

PF prende empresário de Parnaíba durante operação Conexão Delta das Américas

Dono de supermercado de Parnaíba é presos durante operação da Polícia Federal.
A Polícia Federal está nas ruas de Parnaíba nesta manhã de quinta-feira (05/07), com Operação Conexão Delta das Américas, cumprindo mandados de prisão, busca e a preensão.

Operação está acontecendo simultaneamente em Meruoca e Sobral no estado do Ceará, Cocal e Parnaíba no estado do Piauí. Os policiais estão desarticulando uma quadrilha especializada no comércio ilegal de cigarros falsificados.
No momento em que a Polícia Federal chegou a residência do empresário, onde também funciona o supermercado na parte de baixo do prédio, em frente ao mercado da Caramuru, ele tentou fugir pulando e teve uma fratura no pé e foi socorrido e encaminhado ao Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (Heda) onde está sendo mantido preso até a sua liberação para ser levado a carceragem da PF para os procedimentos legais.

A operação mobilizou dezenas de agentes federais e delegados de vários estados da federação. Uma grande quantidade de material ilícito foi apreendida - cigarros, contrabandeados do Paraguai, armas e dinheiro possivelmente proveniente da venda de cigarros falsificados.
A investigação teve início em 2016 e apontou a existência de dois grupos criminosos solidamente estruturados e articulados para promover a distribuição e comercialização de cigarros falsificados, contrabandeados ou importados de forma clandestina. 

A Justiça determinou também a apreensão de veículos usados como meio de transporte das mercadorias ilícitas, indisponibilidade de bens imóveis e bloqueio de contas dos principais envolvidos no esquema. 
Os suspeitos devem responder por contrabando, facilitação ao contrabando, sonegação de tributos, corrupção ativa e passiva, prevaricação, comercialização de produtos sabidamente adulterados nocivos à saúde e lavagem de dinheiro.

O cumprimento dos mandados foi realizado em parceria com a Receita Federal e 2º Batalhão da PM.  
O nome da Operação foi inspirado na constatação de que os cigarros clandestinos negociados pelas organizações criminosas investigadas são distribuídos, preferencialmente, na região que compõe o Delta do Parnaíba. 






Por José Wilson | Jornal da Parnaíba
Postar um comentário