segunda-feira, julho 23, 2018

I Festival de Quadrilhas e Bumba-meu-boi do SESI encerra com chave de ouro

Foram três dias de um projeto “piloto” que pode ter representado um marco para o ressurgimento da cidade de Parnaíba como referência em cultura junina.
Com uma estrutura e postura profissional, o I Festival de Quadrilhas e Bumba-meu-boi do SESI, realizado na Praça de Eventos Mandu Ladino, que chegou ao fim neste sábado (21), foi um sucesso de público e crítica. O evento é resultado da iniciativa da Federação das Industrias do Estado do Piauí (FIEPI), por meio do Serviço Social da Indústria(SESI) e apoiado pelo Conselho Nacional do SESI, que tem como presidente, João Henrique Sousa.

Segundo Gerivaldo Benício, um dos organizadores do evento, o festival teve também a preocupação com os grupos artísticos e o conforto e segurança do público, foram pontos de vários aspectos positivos do festival, que já conta por parte com a intenção de promover outras edições, fazendo parte do calendário de eventos do Sistema FIEPI.
“Trouxemos jurados credenciados e afiliados a associações de quadrilhas para mostrar a transparência do evento. Cada jurado justifica sua nota e o motivo do desconto de pontos em cada quesito, isso é profissionalismo e compromisso com quem aqui se apresenta”, declarou Gerivaldo ao público durante o evento.

Além das quadrilhas e bois mirins e adultos, ao final de cada dia do festival o público foi contemplado com atrações musicais de renome nacional como as bandas Caviar com Rapadura e Canários do Reino.
A premiação para os campeões do festival foi paga na noite deste sábado (21), logo após a divulgação dos resultados.


Os valores das premiações foram todos pagos ao final da última noite de apresentações, a saber: 
R& 7.000,00 (primeiro colocado);
R$ 4.000,00 (segundo colocado);
R$ 2.000,00 (terceiro colocado);
R$ 1.000,00 (do quarto ao oitavo colocado).

Todos os grupos culturais que se apresentaram sem participar do concurso receberam um prêmio de R$ 1.000,00 e R$ 1.500,00 como cachê pelas apresentações.

Vencedores:
1º Lua de Prata (317,9);
2º Sanfona de Prata (317,4);
3º Balança, mas não cai (317,2).

Melhor noivo: Lua de Prata
Lampião e Maria Bonita (Lua de Prata)
Rei e Rainha (Balança, mas não cai)
Marcador (Zabumbada)
Por Bruno Santana e Monica Pessoa | Edição: Jornal da Parnaíba
Postar um comentário