terça-feira, julho 17, 2018

Dupla assaltava e agredia sua vítima por perversidade

As vítimas de assalto eram agredidas com maldade pela dupla armada em Parnaíba; Um dos suspeitos foi capturado ao tentar fuga após roubos no bairro Piauí, em Parnaíba.
Tiago da Silva Fontenele foi preso quando tentava fugir após assalta e agredir sua vítima
Tiago da Silva Fontenele, de 29 anos, residente à rua Sebastião Bernardo da Silva, Parque José Estevão, em Parnaíba, foi autuado nesta tarde de segunda-feira (16/07/2018), nos crimes de roubo majorado e adulteração de sinal identificador de veículo automotor. 

 Tiago era o piloto e dono de uma motocicleta modelo Pop, cor preta e placa OEH 5832 - PHB-PI, utilizada em dois assaltos por volta das 14hs 30 de ontem(16), no bairro Piauí.

O garupeiro da moto e comparsa de Tiago foi identificado com o pré-nome de Bruno, que conseguiu fugir na segunda investida de assalto.
A moto usada para a prática de assaltos foi apreendida. A placa estava coberta com fita isolante
Foram realizados uma sequencia de dois roubos nas imediações do conjunto Betânia, no bairro Piauí. A primeira vítima estava sentada na calçada de uma residência quando foi surpreendida pela dupla. 

O garupeiro Bruno desceu da motocicleta armado e tomou o celular modelo LG K10. Em seguida deu uma coronhada na testa da vítima e fugiu na sequencia. 

No segundo assalto, um garoto de 17 anos abriu a porta de sua casa para receber um amigo quando foi surpreendido pela dupla. O garupeiro armado tomou o celular modelo J1 Prime do rapaz e lhe deu uma coronhada na cabeça. 
Moto apreendida estava com os sinais identificadores cobertos com fita adesiva.
Na fuga desde último assalto, um policial à paisana conseguiu dominar o piloto da moto, enquanto o garupeiro malvado empreendia fuga com os roubos e a arma usada para lesionar às vítimas.

A placa da motocicleta apreendida estava coberta com fita isolante para ocultar aplaca, dados identificador de veículo automotor. A prisão do acusado foi efetuada por uma patrulha da Força Tática sob comando do sargento Paulo. 

Em depoimento no cartório criminal da central de flagrantes, o acusado disse ao delegado que não sabia que seu amigo Bruno iria realizar assaltos e não tinha visto a placa de sua moto coberta com fita isolante. 'Tudo foi coisa do Bruno'!!! disse o acusado. Disse ainda que a arma usada por Bruno é uma réplica de pistola. 

As vítimas lesionadas prestaram queixa e foram encaminhadas para Exame de Corpo de Delito por Lesão Corporal no IML de Parnaíba.

Jornal da Parnaíba com informações do Portal da Catita
Postar um comentário